A fama que mata

 

Vou confessar uma coisa aqui, algumas vezes na vida eu já sentí uma enorme vontade de ser uma celebridade, não sei em que área artística eu me encaixaria, mas enfim, já tive desejei ter todos os holofotes em minha direção. Posso confessar outra coisa?! Depois da morte de Michael Jackson (pois é, ainda continuo falando nele!) passei a olhar a fama com outros olhos, e observando a morte de outras estrelas só confirmei que a fama não é tão glamurosa quanto parece ser.

– Gostaria de ser uma pessoa normal, ir ao supermercado, pegar um carrinho e escolher alguns itens pra trazer pra casa. Mas não posso.

Ouví isso hoje a noite em uma entrevista dada por Michael Jackson. Putzzz enquando eu aqui queria estar no lugar dele e ter o mundo aos meus pés, ele queria apenas estar no meu lugar e ir com tranquilidade ao supermercado. Pois é, ao que me parece a fama só é brilhante pra quem está do lado de cá, pra quem está do lado de lá, ela corroe.

– Você parece ser muito solitário. Isso é verdade?
– Sim, eu sou muito sozinho. Você não tem ideia…
– Quando que você se sente sozinho?
– Geralmente nos hoteis. Quando ouço milhares de amigos lá fora gritando, dizendo que me amam… e você não pode sair, tem que ficar preso alí dentro, é aí que você se da conta do quanto se sente sozinho…

Wow! Palavras do homem considerado o Rei do Pop, o homem que tinha o mundo em suas mãos… da pra acreditar que com tanta fama ele se sentia assim?!

Infelizmente essa realidade não é apenas de Michael Jackson não. O que podemos dizer do Rei do Rock, Elvis Presley?! O lindo americano de voz encantadora que conquistou o mundo com seu talento e morreu aos 42 anos de disfunção cardíaca. Comenta-se que era usuário de drogas, poderia estar feliz agora e extremamente triste daqui a pouco.

E o que dizer de Norma Jean Mortenson?! O mundo a conheceu como Marilyn Monroe, uma das mais famosas estrelas de cinema de todos os tempos, um símbolo de sensualidade e um ícone de popularidade no século XX. Ela tinha as qualidades físicas que todas as mulheres sonham ter. Morreu aos 36 anos de overdose. Como explicar que uma pessoa que estava no nivel de sucesso que ela estava pudesse ter um fim tão miserável como o que ela teve…

E a portuguesa Carmem Miranda… atraves do seu trabalho chegou a receber o maior salário até então pago a uma mulher nos Estados Unidos, mas a fama não tirou dela a necessidade de tornar-se dependente de drogas e morreu aos 46 anos de um colapso cardíaco fulminante. Assim como Elvis Presley e Michael Jackson, morreu na solidão.

Lembram da nossa Elis Regina? Sua estrela pode não ter brilhado tanto quanto brilhou a de Michael Jackson, mas ela teve os olofotes em sua direção e tinha tudo pra tê-los por muitos e muitos anos, mas a cocaína calou sua voz aos 36 anos de idade.

Temos ainda o exemplo de Heath Andrew Ledger, o australiano que chegou a Hollywood. Não é qualquer um que chega a Hollywood e ainda ganha premios por seus trabalhos, ainda mais sendo tão novo como ele era. Ele tinha a vida dos sonhos de muitos jovens, mas sabe qual foi seu fim?! Aos 28 anos de idade foi encontrado morto em seu quarto por conta de intoxicação por calmantes e sonífero. Como que uma pessoa tão nova precisa de remédio pra dormir?! Pois é, a fama não lhe trouxe a calma…

Sabe, eu conheço uma mulher que o mundo não a conhece e talvez nunca a conheça, ela tem três filhos e sobrevive com um salário mínimo do marido e uns trocados de um serviço aqui e alí que ela faz, ela tem tudo pra ser infeliz, mas ela é dona de uma alegria que procurei na fama e riqueza de Michael Jackson e não encontrei. Holofotes não garantem felicidade, definitivamente não garantem…

Anúncios

2 Respostas para “A fama que mata

  1. cara isso e muito idiota

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s