:: Historias de aeroportos: Limites de bagagens ::

Eu nunca entendí muito bem essa lógica do limite de bagagens das cias aereas. A regra geral diz que em vôos domésticos o limite é de 23kg e em voos internacionais dois volumes de 32kg. Tudo bem, a questão é que algumas cias aereas internacionais não adotam essa regra dos dois volumes de 32kg, o limite é menos, e se você vai fazer alguma viagem dessas cheias de conexões é bom procurar saber com antecedencia as regras das empresas, pra depois não ter que pagar o olho da cara por excesso de bagagem…

Nas minhas épocas de agencia de viagem perguntei a uma atendente de cia aerea nacional o porque dessa exigencia no limite de bagagens, e ela me respondeu que tudo isso era para a garantia de segurança do passageiro, já que uma aeronave pesada demais representaria um risco a integridade do mesmo. Até aí tudo bem, eu até que concordo, mas essa justificativa fica meio sem lógica se eu levar em consideração que se o passageiro tiver dinheiro, ele pode pagar todo o excesso de bagagem e levar a casa inteira dentro do avião, mas tudo bem, o dinheiro manda nesse mundo e não sou eu que vou mudar essa realidade (bem que gostaria!)…

Aeroporto do Cairo (Egitão), lá estava eu de malas e cuias de volta pra casa, dessa vez a viagem seria pela AirEgypt, naquela época eu não havia trabalhado ainda no ramo do turismo e meus conhecimentos a respeito eram bem limitados, e lá fui eu com as minhas duas malas somando 64kg, fora as bagagens de mão que como mandava as regras somavam 10kg. No check in o tio egípcio me fez o favor de informar que eu havia ultrapassado o limite de bagagem e teria que pagar pelo excesso que daria quase 30 quilos 😯

Eu havia ido pro Egitão pela AirFrance que liberou minhas duas malas de 32 kg cada uma sem problema algum, e eu ainda tinha guardado o folder com todas as regrinhas chatas da cia aerea, inclusive o limite das bagagens. Peguei o folder e jurando que estava abalando o bangu turistico egípcio, comecei a ‘dar aula’ de regras de viagem pro atendente da AirEgypt que insistia em me dizer que aquilo alí eram as regras da AirFrance e que eu estava voando agora pela AirEgypt.

– Olha aqui! AirFrance ou AirEgypt mas foi pago uma fortuna por essa passagem e lá na agencia me garantiram que eu tinha direito a duas malas de 32kg em voos internacionais, tá aqui o contato da agencia, resolva com eles, agora eu vou levar as duas malas e não vou pagar um centavo por nada aqui.

O atendente olhou pra mim todo desconfiado e pediu meu passaporte, tecla daqui, clica dali, olha pra tela, levanta a sobrancelha, franze a testa, olha pra mim, chama outro atendente lá, fala meio mundo de coisa em árabe, que eu não entendí um grama, o outro atendente leva meu passaporte lá pra dentro e depois de cinco minutos volta, fala mais um quilo de árabe e encerra com um “mashy”, que equivale a ‘está certo’, ‘ok’, ‘tudo bem’ (a única coisa que eu entendi).

O atendente volta ao computador e depois de cliques, teclas e tals, ela passa as minhas malas, me devolve o passaporte com o cartão de embarque e me deseja uma boa viagem, isso sem nem me dar uma satisfação quando ao tal excesso de bagagem que eu tinha que pagar, claro que eu não ía perder a oportunidade né…

– So, was I right?! (Então eu estava certa?!) – perguntei em tom irônico
– Yes madam, have a nice trip (Sim madame, tenha uma boa viagem!)

O infeliz me respondeu olhando para o outro passageiro que a essas alturas já estava impaciente sem entender porque o meu check in estava demorando tanto…

Anúncios

Uma resposta para “:: Historias de aeroportos: Limites de bagagens ::

  1. esse lance das malas e o seguinte – os voos internacionais que PARTEM do Brasil (e tem um ou outro pais, mas sao pouquissimos) tem direito a ir e voltar com duas malas de 32 kg, e mais a mala de mao, que ai depende de cada cia aerea. O lance, e que, no aeroporto do Cairo, eles estao acostumados a estrangeiros de Europa e outros paises, que so podem ir e voltar com duas malas de 23 kg, ai pegam mala de brasileiro (que esta voltando para o Brasil, e tem direito a duas de 32 kg) e sempre da confusao. Mas todas as cias aereas dao direito a essa bagagem aos voos que partem do Brasil. Agora, por ex, eu como moro no Cairo, e quando vou ao Brasil, meu voo PARTE do Cairo, eu so tenho direito a duas malas de 23 kg (ir e voltar), e ai eu choro, pois sempre levo muita coisa e sempre trago mais ainda. So que tenho uma vantagem… da mesma maneira, la no aeroporto do Brasil, como eles estao acostumados a sempre permitir saida de duas malas de 32 kg, quando eu volto, eles nem se dao conta que meu voo e de volta, que eu deveria embarcar so com duas de 23 kg, e acabam me deixando passar com duas de 32 kg…rs…ate hoje eu dei sorte, gacas a Deus…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s