A queda

Terça-feira, final de tarde, a meteorologia só me convidava para ficar embaixo do lençol: céu cinza escuro e uma nuvem ameaçadora que prometia muita água, mas alguém nesse mundo tinha que trabalhar, certo?! Então me joguei embaixo do chuveiro e dei início a mais um final de tarde de maratona para cumprir a minha carga horaria de trabalho. Gosto de ir ao trabalho bem produzida, nada de roupa esportiva e o salto… que seja o mais alto que eu tiver, mas em tempo de chuva um ‘espírito’ fora de moda entra em mim e a última coisa que tenho paciencia é para brilhos e delírios. Vestí uma calça preta cheia de bolsos do lado, uma blusinha rosa estilo batinha e um sapato rasteirinho e de plástico ainda mais. Estava tão gata borralheira que ao me ver, uma aluna perguntou o que tinha acontecido comigo…

Ahhh eu não estava a fim de nada ontem, queria mesmo ficar em casa e com o mínimo possível de seres humanos ao meu lado, não que tenha acontecido algo especifico para mudar meu humor, na verdade nada aconteceu, mas eu simplesmente não estava nos dias mais agradáveis. Cumprí minhas horas de serviço e me joguei dentro do ônibus, doidinha pra chegar em casa. Havia chovido MUITO e a rua estava aquele caos, mas eu estava a caminho de casa e claro que nada de mal poderia acontecer, certo?! Errado!

Chegou a minha parada e como de costume me dirigí a saída do ônibus, descí o primeiro degrau e quando pensei em terminar de descer o segundo percebí que meu pé esquerdo foi embora numa reta deslizante sem fim, ao mesmo tempo que meu sapatinho purpurinado saiu dos meus pezinhos e caiu numa poça de água suja logo as margens da calçada. Como num passe de mágica, me segurei em um apoio que tinha na porta na tentativa desesperada de fazer com que o mico não fosse maior, ainda caí sentada no segundo degrau e em grande estilo: de pernas cruzadas, isso porque quando percebí que meu sapato tinha saído do pé, tentei de alguma forma segura-lo (com os dedos do pé) pela pontinha. Não pude evitar que ele caisse na água suja, mas pelo menos a tentativa me rendeu uma queda em posição clássica.

Obviamente que eu fiquei passada de vergonha, mas em meio a risadas alheias que não acabavam mais, eu achei melhor me juntar ao time e fazer de conta que aquela tinha sido a cena mais engraçada de toda a minha vida. O “legal” é que o pessoal ao redor foi muito solidário comigo e sequer lembraram de perguntar se eu havia me machucado, rir da desgraça alheia pareceu ser mais interessante…

Bom, fiquei com a poupança dolorida e o músculo do braço também, mas… está tudo sob controle agora…

Anúncios

7 Respostas para “A queda

  1. Tu é chique até pra cair ,né?Tô passada!!kkkkkkkkkkk..Ainda bem que não machucou ..o_O

  2. Pingback: Vale a pena cair de novo « Diario de uma Perfeccionista

  3. Somos em três irmãs aqui. Eu sou a rainha das topadas, a caçula a das quedas e a do meio?? Dos micos. Cada pérola!! Q afss…Jesus Cristinho!!! kkkkk kkkkkkkk

  4. Pôxa, mas quer saber ? Acho q esse tipo de situação acontece pelo menos 1 vez na vida de cada pessoa… Eu também já tive meu momento de “queda” kkkk… E pior, foi qdo eu tinha 15 anos, na escola… Adolescente, imagina o mico!!!Foi um dia de chuva, claro, eu escorreguei e caí sentada de degrau em degrau do 1º andar ao térreo. um menino me socorreu me perguntando “você tá bem?” Mas acho q no fundo ele queria perguntar ” Você ainda tem osso na bunda minha filha ?” kkkkkkkkkkkkkkkk

    • Nadir Araújo

      Aiiii tadinha, tua situação foi pior que a minha, pelo menos eu caí sentada e lá fiquei, quer dizer, levantei o mais rápido que pude né, mas não tive, como diz minha mãe, sair apanhando tostão de chão a fora…

  5. Machucou amiga?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s