☆ Diario de Bordo: Cadê as malas?! ☆

Alguém da aula de moda, beleza e boa aparencia as comissarias da Alitalia, por favor?! Que povinho mais bagunçado é aquele! Essa não foi a primeira vez que eu voei de Alitalia e das outras vezes as bruxas tambem estavam soltas no voo, os homens até que da pra se olhar, mas as mulheres parece que esqueceram o pente ou a escova em casa, sem contar com a cara amassada que parece que esqueceu o caminho dos cosméticos. Enquanto as comissarias brasileiras são novas, bonitas, bem maquiadas e educadas, as italianas são velhas, enrugadas, feias e muito mal arrumadas. Credo! Ninguem merece além de 11 horas de voo a noite, acordar com um espantalho daquele te olhando e perguntando se você quer ‘tea’ ou ‘coffee’. Anyway…

Chegamos em Tel Aviv, Israel, a tarde e como de costume, fomos para a esteira pegar nossas malas e finalmente irmos para o hotel e desfrutar do nosso merecido descanso, depois de 18 horas de voo era tudo que queriamos…

Depois de alguns minutos vendo malas que iam e vinham, a ausencia de algumas delas começou a preocupar seus proprietários, que coincidentemente faziam parte do meu grupo, nisso passa um cara por perto e diz:

– Algumas malas foram extraviadas, se a tua não estiver aí é bom correr logo alí e fazer a reclamação…

Ele falou isso em inglês, obviamente que o pessoal do meu grupo não entendeu e eu fiz cara de que estava tudo bem, não sabia se repassava logo pro povo ou se dava mais um tempinho pra ver se as malas chegavam. Olhei lá pro guichê da cia aerea e podia ver as fumaças saindo das cabeças dos passageiros lesados, achei melhor não esperar mais e dei as “boas novas” pro povo do meu grupo que logo cairam no desespero. Ao todo foram sete pessoas do meu grupo e em meio a agonia…

– E agora, como que a gente vai resolver isso se não falamos inglês?!

Pensei em dar o voador e sair pela tangente e deixar que cada um se virasse, mas se estávamos em grupo não seria muito amigavel da minha parte fazer isso, e mesmo sabendo a dor de cabeça que me esperava, reuní os sete e fui fazer a reclamação. Chegando no chigue da Alitalia me apresentei como participante do grupo brasileiro e expliquei que as malas de sete pessoas do meu grupo não haviam chegado, a atendente me explicou todo o procedimento burocrático e pediu que eu preenchesse uma ficha com varios dados de cada um dos que haviam perdido as malas… Pra não ter que explicar a mesma coisa sete vezes, peguei o formulario e expliquei de uma vez só a todos eles, jurando que cada um preecheria tudo bonitinho, daria a atendente e pronto, problema resolvido, certo?! Errado! Tive que explicar a mesma coisa trocentas vezes, juro que eu estava falando português, mas alguns estavam tão nervosos com o desaparecimento das malas que não conseguiam assimilar em uma única explicaçao o que eles deveriam fazer, e isso foi me aos poucos me tirando do serio, porque o que deveria ser divertimento pra mim, estava começando a virar stress sem fim…

– E AGORA?! EU TENHO PROBLEMA DE PRESSÃO E MEU MEDIDOR ESTAVA NA MALA!!! – Reclama um –
– NADIR, DIZ A ELA QUE EU DEIXEI TANTOS DOLARES DENTRO DA MALA, E AGORA?! – Reclama outro –
– E AGORA COMO QUE A GENTE VAI FICAR SEM ROUPAS PRA VESTIR?! – Reclama outro –
– A MINHA MALA CHEGOU MAS VEIO RASGADA!  – Fala outra aos gritos e já chorando –

O detalhe é que todos falavam ao mesmo tempo e pior ainda, como se eu trabalhasse na cia aerea e tivesse a responsabilidade de dar conta da mala de cada um… E por mais que eu falasse pra eles que eu ja tinha repassado todos aquelas reclamações pra a atendente da cia aerea que havia dito que as malas chegariam no voo seguinte e que seriam encaminhadas ao hotel, a maioria das pessoas não se conformava e a cada vez me pressionava mais ainda. Fomos levados para o hotel na esperança de encontrar as malas perdidas assim que chegasse a noite…

Anúncios

5 Respostas para “☆ Diario de Bordo: Cadê as malas?! ☆

  1. Nadir, olha, kkkkkkkkkk……….
    Além de viajante, voc~e é uma excelente narradora de fatos, dando destaque à métrica, fonética, lógica e etc…. Um barato tua matéria, rí à bessa lendo a história, que infellizmente vocês passaram, mas seu jeito é nota 1000000000. kkkkkkkkk…..
    Você é mt espontânea e gente finérrima…….Boa sorte, bjs. Camargo – SP

  2. menina, socorro… qdo eu penso em viajar pro exterior e ficar sem mala me dá um frio no estômago…
    Uma vez fui pra BH e minha mala atrasou, eu cheguei na frente, ela veio depois, nao sei como foi isso, chega gelei…voltando pra casa até a gente encara, mas vc chegando num lugar pelo menos as roupas vc tem q ter né…

    • Nadir Araújo

      Graças a Deus que a noite as malas chegaram sãs e salvas ao hotel, só uma que chegou uns dois dias depois, mas no final tudo deu certo, o bom é que o brasileiro é solidario ao extremo né, então as pessoas ajudaram essa pessoa que estava sem as malas dando roupas e tals…

  3. Nadir, eu acho que as cias aereas estao bemmmmm desorganizadas na questao malas.
    O que tem de gente perdendo malas nao ta escrito, e sempre de viagens com conexao
    Esta uma bagunca sem fim mesmo.
    Pior e qdo nao acham a sua mala nunca rs
    bjao

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s