Preciso de uma fábrica de canetas

Acho que estou prestes a ganhar um par de calo aqui no meu dedo da mão… Lembra que eu comentei que esse semestre eu estou com novas turmas né?! O trabalho triplicou, e pra não acumular atividades, mais do que já está acumulado, resolví corrigir uma pilha faraônica lá do curso de inglês. Agora tô sentindo na pele como o coitado do meu English teacher sofria (e ainda sofre, né!). A sorte é que em cursos de idiomas as turmas são pequenas, enquanto na escola técnica eu tenho turmas com 40 alunos, no CCAA o máximo que tive até agora foram 15…

Acordei mais cedo, passei pela minha jornada diaria ”pós acordamento’ (forrar cama, escovar dentes, trocar de roupa, pentear cabelos, arrumar banheiro, tomar café, lavar os pratos…), em seguida vim pro meu QG particular, olhei pra pilha de exercícios, pedí paciencia, graça, força e coragem a Cristo, pra tentar encontrar inspiração, coloquei Kenny G pra tocar em som ambiente, acomodei minhas nádegas na cadeira, olhei pra pilha de novo, pensei em deixar pra depois, nisso o telefone toca e alguem desconhecido me avisa que amanhã terei que passar o dia todo fora em mais uma capacitação pra mais uma turma nova, fiquei rodando na cadeira e por alguns segundos tive vontade de dar uns gritos e arrancar os poucos cabelos que tenho, mas logo recobrei a sanidade mental e finalmente me agarrei a pilha faraônica de exercicios, jurando que poucas horas depois já estaria com tudo corrigido, observações feitas, notas na cadernetas, medias calculadas e um sorrisão de orelha a orelha por mais uma tarefa cumprida.

Agora são exatamente 16:04, só sei onde ficam minhas nádegas porque não faltei a aquela aula de biologia sobre o corpo humano, porque na prática mesmo eu nem estou mais sentindo as coitadas, depois de horas a fio aqui sentada e me acomodando em todas as posições possíveis, já não sinto mais nada, tudo está dormente, e vocês acham que deu tempo de colocar tudo em dias?! Que nada! Deu pra corrigir parte dos exercícios e colocar as notas na caderneta, mas ainda terei que fazer aqueles cálculos chatos que nenhum professor de idiomas gosta de fazer, tive que parar porque daqui a pouco tenho que ir pra escola e dar conta de outra turma. Ahhh e vocês não sabem da melhor, acreditam que comecei a corrigir os exercicios com uma caneta novinha e agora quando olhei pro cartucho, falta pouco mais de meio centimetro pra acabar a tinta?! Fiquei bege aqui!

Uiiiii! A hora tá indo embora, e as 18:30 tenho que estar na sala de aula… Vejo vocês na volta!

Anúncios

3 Respostas para “Preciso de uma fábrica de canetas

  1. OHHHHHHHHHHHH… E haja mão pra corrigir tanta prova! Lembrei de mim assinando 400 folhas de férias de funcionários – kkkkkkkkkk… e olha q era só minha assinatura, os cálculos já saem tudo prontinho do sitema né…
    Ah, menina, entao vc já ensina em escola técnica também ? Ôxe, q ótimo 🙂

    • Nadir Araújo

      400 folhas?! Cristo Redentor!!! E eu aqui reclamando das minhas 100 e tantas O_O

    • Nadir Araújo

      Pois é, ensino numa escola técnica aqui na minha city, atualmente estou com duas turmas a distancia e outras três de projetos estaduais, e como abriram inscrições pra novas turmas, tenho uma impressão que vou pegar mais uma brevemente, o bom é que eu sempre me dei muito bem com todos meus alunos, há uma paixão mutua muito legal que faz com que tudo seja feito com uma satisfação que tu nem imaginas 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s