Uma teacher cansada

Era cinco horas da manhã e imaginem só o que eu estava fazendo… Dormindo?! Que nada! Ontem fui gentilmente informada que hoje de manhã teria que comparecer a uma capacitação de um novo projeto educacional lá do trabalho. A tal capacitação seria na Veneza brasileira, que fica 55km do meu habitat, e como não disponho de transporte particular, teria que madrugar para logo cedo enfrentar a odisseia do transporte público aqui da minha city. Tive a impressão que a cidade inteira havia resolvido viajar no mesmo ônibus que eu havia escolhido. Cheguei a parada uns 20 minutos antes da hora de sair e a fila já estava a perder-se de vista… Eu hein!

A capacitação foi em um hotel na famosa Avenida Boa Viagem… Posso ser sincera? Que graça que tem a praia de Boa Viagem hein?! Juro que olho pra tudo aquilo e não consigo ver o glamour todo que a fama a concede, pra esses lados de cá existem varias e varias praias que podem até não estar no topo das listas de pontos turisticos de Pernambuco, mas vou dizer a vocês, elas colocam Boa Viagem no bolso, e sem grandes esforços…

Bom, sendo extremamente chata com essa questão de horario, cheguei lá 15 minutos antes do horario marcado, e olhe que já haviam outras pessoas que pelo visto eram ainda mais perfeccionistas que eu em materia de horario, mas de nada adiantou, já que a capacitação só começou uma hora depois, isso mesmo, uma hora de atraso. Pelo menos passamos o tempo olhando pro mar, nada mal né?! Apesar de que mar só combina mesmo com pés de coqueiro pra todos os lados, o mínimo de casas ao redor e uma extensa área de areia, e tipo assim, não tinha nada a ver com o asfalto que rodeia Boa Viagem, mas… tudo bem…

Acho que não preciso falar da capacitação não né?! Palestras com palavras bonitas que logo cansavam a mente e faziam desejar desesperadamente que os ponteiros do relogio corressem rumo ao final do dia, só que como de costume, o tempo parece que havia parado do espaço, e o mais entediante é que havia uma impressão insistente de que tempo estava sendo jogado fora, sei lá, talves seja a minha mania de gostar sempre de ir direto ao assunto que estava me deixando sem paciencia com tantas voltas ao mundo, e o desesperador foi que o que deveria acabar as quatro horas da tarde, terminou mais de seis da noite…

Uma hora depois eu estava em casa, quer dizer, de volta a minha city, em casa mesmo eu só chegaria três horas depois. Estava me sentindo uma velha de trocentos anos, o corpo só pedindo cama e a mente a essa altura do campeonato já não conseguia assimilar mais nada, mas ainda assim tive um final de noite agradabilissimo, reví meus alunos queridos e recebí aquela recepção calorosa que me faz ser feliz pela escolha que fiz, esquecí até quão cansativa havia sido a capacitação…

Agora é meia noite e treze minutos e adivinhem só o que eu vou fazer… isso mesmo!

Vejo vocês amanhã 😉

Anúncios

2 Respostas para “Uma teacher cansada

  1. Girl… did u already think about writing a book? u r a very goooood writer!!! congrats!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s