A minha morte

 

Já parou pra pensar no dia da morte?! Que pergunta mais estranha né não?! Também acho, mas o fato é que esses dias me peguei pensando no dia da minha… Ui! Seria um aviso do além?! Se foi, pelo menos vai ficar registrado aqui e poderá ser usado como mais um tópico para as conversas pós sepultamento 😀

Ai ai que conversa mais sem graça… Tá, tudo bem, a gente sabe que todo mundo um dia vai morrer, isso não é nenhuma novidade, mas pensar que nós mesmos também fazemos parte desse grupo é um negocio as vezes meio assustador. Pra falar a verdade eu não tenho medo da morte em sí, as vezes até que ela parece uma ideia agradável. Calma gente, não tô depressiva e pedindo a Deus pra morrer nao, a vida é linda e de uma forma geral eu não faço questão de chegar lá em cima antes do tempo… Quando falo que a morte parece ser uma ideia agradável me refiro ao fato de poder ir pra algum lugar onde não terei que lidar com todos esses problemas aqui da nossa dimensão humana, olhando por esse ângulo a morte é lucro. Aí vocês me perguntam como posso estar tão certa de que quando morrer vou pra um lugar bom, acertei?! Bom, na verdade eu acho que ninguém pode ter certeza do seu destino depois da morte, mas pelo menos eu estou fazendo das tripas coração pra chegar em um bom lugar né?!

Sabe a única coisa que me amedronta em relação a partir dessa pra outra?! A forma como essa passagem ocorrerá. Morrer deitada no quentinho da cama e sonhando com os anjos é legal né? Conheço algumas pessoas que se foram dessa forma e poxa como as invejei. Se estavam sonhando com os anjos eu não sei, mas que dormiram aqui e acordaram na quarta dimensão é fato. Sem dar trabalho a familia e se é que sofreram antes de ir embora, foi um sofrimento bem resumido. Lindo né?! O problema é quando a morte vem através de meses hospedado em um hospital ou através de uma velhice cercada por dependencia, sofrendo e fazendo os outros sofrer. Isso é o que na verdade me deixa de cabelos em pé…

E vocês aí, já tiveram esse tipo de pensamento estranho alguma vez da vida?

Se eu ‘batesse as botas’ hoje vocês sentiriam minha falta?! 😛

 

Anúncios

8 Respostas para “A minha morte

  1. Bom, acho q só quem teme a morte é quem deve alguma coisa…. o que vem depois…
    O receio é como vc falou, ter uma morte sofrida… isso ninguem quer…
    E, é claro q a gente ia sentir tua falta !!!!!!!!!!

    • Nadir Araújo

      Esse é o grande problema: o que vem depois dela…
      O_O

      • ah… o que vem depois, fica tranquila… com certeza Deus sabe o que se passa no coração de cada um e de nossas intenções… mesmo quando a gente erra, o importante é querer se corrigir, Ele sabe do nosso esforço pessoal 😉
        Quem não deve não teme…

  2. olha, estes dias mesmo estive pensando sobre esse assunto, como comentei la na comunidade, e de fato nao tenho medo da morte, mas da maneira como se dara essa passagem…doenca grave, afogamento, fogo…sao coisas que nos faz pensar…ja tive duas experiencias serias, uma ha vinte e poucos anos, tive um acidente grave de carro, perda total, em que, no momento em que o carro estava rodopiando na pista, eu tive aquele episodio que muitos citam, de ver sua vida inteira passar na sua cabeca, como se fosse uma televisao…uma coisa super estranha, pois foi questao de segundos, e tudo passou na minha mente, e naquela epoca, eu era bem novinha, nem sabia ainda dessas coisas de ver sua vida passar na sua monte em momentos proximos a morte…e outra foi ha poucos anos, eu quase me afoguei, um acidente, e ja estava exautsta de nadar, no mar, e estava comecando ja a engulir agua, e pensava…ah meu Deus, eu vou morrer assim, afogada…e gracas a Deus um barco chegou a tempo de me salvar…
    e pode ficar certa, nao so eu como muitas pessoas sentiriamos sua falta se voce nao estivesse mais aqui…
    beijo e bom fim de semana

  3. Nadir,
    Eu ja passei a perna na senhora morte umas 2 x ,
    Ela bem que tentou me pegar, mas fui mais esperta que ela rss
    So posso dizer que se for pra morrer que seja bem rapido e indolor, pq ficar presa em ferragens de carro e ter uma parada cardio respiratoria eu nao aguento mais nao rs
    bjao

    • Nadir Araújo

      Tu es uma onda!! 😀
      Graças a Deus que eu nunca tive oportunidade de encontrar a Srª Morte assim, digamos mais de perto não, sabe… e nem quero. O negocio é “pah-buf”, morrer de vez..
      VAmos ver se eu alcanço essa graça né…
      O_o

  4. Rapaz…quando esses pensamentos pairam em minha cabeça procuro pensar em outra coisa..o.O

    Sinceramente gosto de pensar nisso não..mas só não quero ter uma morte sofrida tipo afogada..carbonizada…afff..entendeu que eu não quero sentir dor né?rsss…
    As pessoas pensam muito nesse assunto..até link pra calcular o dia que vai morrer tem…
    Eu vou ‘morrer’ no dia 24 de abril de 2057..ainda tenho 47 anos pra aproveitar…kkkk
    Calcula ai.. http://www.mdig.com.br/index.php?itemid=616

    • Nadir Araújo

      Ressuscitou!!! Tava sentindo falta da senhora aqui viu!

      Bom, fiz meus calculos e vou morrer em:

      O dia em que você vai bater as botas é …
      8 de Julho de 2053

      Eita! Tu ainda vai viver mais que eu, acho que é porque estou acima do peso 😀 😀 😀

      😀

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s