Quando o amigo caminha pro abismo

Quando temos alguém a quem dedicamos o melhor da nossa vida, temos a tendência de dedicar o mais alto grau do nosso cuidado também, mas já diz uma amiga minha que conselhos só devem ser dados quando pedidos, e eu acrescento, além de pedidos, é bom ter a certeza de que eles serão levados em consideração. Mas será que seguimos conselhos como este?! Provavelmente não, porque nossa intenção de ver o bem daquela pessoa a quem estimamos é maior do que o limite entre a amizade e as decisões pessoais.

Quem está de longe consegue ver de forma mais ampla, mas quem está de perto não acredita nos detalhes que a amplidão proporciona e assim foca naquilo que está em frente aos olhos, ignorando tudo e todos que estiveram além disso, e ao ver aquela pessoa estimada caindo no buraco, nós entramos em desespero e as vezes somos capazes das coisas mais insanas para tirá-la do tal caminho, mas não adianta dar conselhos a quem não quer ouvi-los, certas pessoas só aprendem apanhando e as nossas boas intenções nunca poderão mudar essa realidade…

O que fazer então?! Ficar nas bordas do abismo, para quando o pedido de socorro se fizer ouvir, sermos os primeiros a estender os braços…

Anúncios

8 Respostas para “Quando o amigo caminha pro abismo

  1. Olha, passei quase dois anos vendo uma pessoa muito querida nesta situação. Mais cega? Impossível! Atolou-se com tudo que tem direito. Tinha hora que eu nem sabia mais o que fazer p/ ficar de boca calada e não dar uns gritos de: -Acooorda, Alice!! Só restou-me o supremo esforço de ficar neutra, deixar o tempo passar e rezar p/ que o estrago fosse menor do que prometia.

  2. Ah, eu aprendi essa lição de só dar conselho quando é pedido de maneira bem radical…
    Com uns 20 anos, eu tinha um namorado que tinha um irmão de 13 anos e esse menino dava trabalho… Eu na maior inocência, disse um dia pra minha sogra começar a colocar ele de castigo não deixando ele sair pr jogar fliperama, jogar futebol na rua com os coleguinhas, etc.
    Qual não foi minha surpresa !!! No dia seguinte chega meu namorado aos prantos, dizendo que a mãe dele tinha me proibido de frequentar a casa deles, que não queria me ver nem pintada de ouro, que era um absurdo uma menina que nem tem filho querer dar conselho !!!!!!!!!!!!!!! Que se eu quisesse continuar o namoro ia ter que aguentar isso…
    Fazer o quê né ?! Continuamos o namoro sem eu poder ir mais lá…
    Acho que ela só me “perdoou” 02 anos depois… passado esse tempo, acho q ela entendeu q não fiz por mal e passou a me tratar superbem, presentinhos e tudo mais.
    😉

  3. Isso já deu tanto problema que nem gosto de comentar … só me serviu de lição. Mais a viida segue 😦

  4. a obrigacao do amigo de verdade eh alertar e sim, dar conselhos mesmo que nao pedidos…
    Porem, como a Luciana disse, so se salva quem quer ser salvo..
    E acrescento, as pessoas tem as proprias experiencias pra passar na vida, e nao da pra remover cada pedrinha do caminho de quem amamos…

    • Oi Taci!

      Saudade de tu!!

      Eu também achava, e até tinha esse costume, de dar conselhos aos amigos e tentar alertar acerca de determinadas coisas, mas uma vez Wally comentou uma coisa que eu nunca mais esquecí, que ela só dava conselhos se esses fossem pedidos, claro que não concordei de imediato, mas depois cheguei a conclusão que ela estava com a razão…

      Há pessoas que até vale a pena dar um conselho mesmo não sendo pedido, mas são raridades, a maioria não dá importancia e em alguns casos, ou em muitos deles, a pessoa aconselhada fica até irritada, achando que estamos nos metendo na vida dela, e há aqueles casos extremos, como o que motivou esse post, onde um conselho ou um ato de tirar o amigo do abismo acaba resultando no fim da amizade…

  5. Aprendi que só é salvo quem quer ser salvo.
    E que as pessoas só enxergam o que quer, e como quer…. não entendem que para salvar um amigo do precípicio,somos capazes de fazer-mos algo que nos fere, mais a nós que ele a mesmo, mas se for pra ele ficar bem,valerá a pena….
    Infelizmente, a maldade está nos olhos de quem vê.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s