Desconectada

Ligo o computador e tento entrar em uma página qualquer. A tela estava toda branca e assim continuou por alguns segundos depois de ter pressionado o enter, mas tudo bem, levando em consideração a “ótima” qualidade da minha conexão, pedir ações instantâneas é pedir demais. Só que quase 60 segundos para abrir uma página não é considerado algo comum nesse mundo virtual, certo?! Ligo então pro dono do provedor:

– Fulano, a conexão está lenta…
– Lenta?! Deve ser o horário, geralmente a essa hora tem muita gente usando e é normal ficar assim, logo vai melhorar…

Deixei o computador ligado e fui ver televisão, o estresse com a programação televisiva era tão intenso quanto o estresse com a lentidão da internet, mas optei por ficar estressada com a primeira, afinal, daqui a pouco tudo voltaria ao normal. Duas horas depois volto ao computador e… não, nada tinha voltado ao normal.

– Fu-la-no a conexão continua lenta…
– Estranho… tenta reiniciar o roteador…

Fiz o que ele mandou e… não, nada mudou. Isso era quase dez da noite e meu bom senso me dizia que aquilo não era horario comercial, logo, não seria muito educado da minha parte ligar pro cara de novo. Fui pra cama mais cedo, na esperança de que o amanhã viria trazendo a velocidade normal da minha internet.

Dia seguinte ligo o computador e… não, nada havia mudado. Ainda era muito cedo e apesar da minha raiva, mantive o bom senso e esperei dar oito horas pra ligar pro dono do provedor. Antes disso reiniciei mais uma vez o roteador, e nada mudava, tentei com o cabo direto no computador e nada, reiniciei o computador e… nada! Troquei de computador e… nada!

– FU-LA-NO eu continuo sem internet!
– Reini…
– Já reiniciei o provedor, já reiniciei os dois computadores, já troquei os cabos em ambos computadores e nada funciona…
– Tá bom, vou ver o que faço daqui
– Me da um retorno?
– Dou sim

Fui trabalhar, voltei do trabalho, liguei o computador, tudo continuava do mesmo jeito e… ele não havia me dado retorno algum. Nãp era horario comercial, mas a essas alturas eu pouco estava me importando com bons modos… Liguei mais uma vez…

– FULANOOOOOOOOOOOO EU CONTINUO SEM INTERNET.
– Estranho, sua velocidade aqui está ótima…
– NÃO INTERESSA A MINHA VELOCIDADE AÍ, AQUI NADA ESTÁ FUNCIONANDO
– Olha, agora eu não sei…

(Putzzzz ele que era o responsável pelo funcionamento da internet não sabia o que fazer, por acaso eu que teria que achar solução pro problema?!)

– Tá bom, e agora como que fica?! – Perguntei com vontade de xingar até a ultima geração dele –
– Amanhã eu mando o técnico ai…

E la vai mais um dia desconectada do mundo.

Dia seguinte ligo o computador na esperança de que tudo estaria normal, mas… não estava! A tarde chega o técnico, olha daqui, olha dalí…

– Olha, na minha área está tudo normal, o problema é com Fulano, deve ser alguma coisa na area que ele é responsável e só ele que pode resolver…
– É mesmo?! Que legal! Engraçado que ele me disse a mesma coisa, e agora como que fica?! Vai ficar nessa de um ficar passando pro outro?!

O técnico foi embora e eu fiquei sem internet e pra lá de Bagdá de raiva. Estava atrasada pro trabalho e não havia tempo para mais uma ligação pro dono do provedor. Fui pro trabalho e quando voltei ainda tentei ver se a internet estava funcionando e… não, não estava.

– FU-LA-NO  EU  ES-TOU SEM IN-TER-NET ! ! !
– Mas eu mandei Beltrano aí
– Mas Beltrano disse que a parte dele estava normal, o problema era na sua
– Vou mudar você pra outro link…
– Me da um retorno?
– Dou sim

[***]

Pausa para respiração funda  e meditação…

[***]

Ele não retornou, a internet não voltou, eu não liguei e lá se foi mais um dia sem internet em casa. Ontem passei o dia fora, quando voltei, parei em frente ao computador, respirei fundo, contei até dez, mentalizei só coisas positivas e liguei o computador na esperança de que tudo estivesse como antes, mas… não estava!

– FULANO, SÓ ESTOU LIGANDO PARA COMUNICAR QUE CONTINUO SEM INTERNET, HOJE É O TERCEIRO DIA.
– Mas…
– JÁ GASTEI TODOS OS MEUS CRÉDITOS LIGANDO PRA VOCÊ, NÃO POSSO FICAR AQUI PENDURADA NO TELEFONE. SÓ ESTOU LIGANDO PRA COMUNICAR QUE O PROBLEMA CONTINUA.
– Amanhã eu mesmo vou a sua casa…
– OK. OBRIGADA.

Bom, isso foi ontem a noite, vamos ver se hoje ele vai cumprir a palavra. De qualquer forma, já estou arrumando as malas e procurando outro provedor pra alojar minha vida virtual. O “legal” é que não tem como fazer isso do dia pra noite né, então o jeito é pedir calma dobrada a Cristo. Enquanto isso vou me virando na net do trabalho, mas convenhamos que não da pra ficar no trabalho fazendo coisas pessoais, ainda mais eu que vivo no pé de todo mundo aqui pra usar a internet só e unicamente para fins de trabalho. Que raiva!

Então é isso, se por acaso eu der uma sumida, não foi por abandono ao blog não, provavelmente estarei trocando palavras carinhosas com a equipe do meu provedor ou feliz e saltitante na em busca de um provedor que funcione…

Anúncios

3 Respostas para “Desconectada

  1. Sobre esse raminho a direita da pagina minha opinião e mesma da nossa amiga Katie..
    Vai uma sugestão ai pro blog poderia incluir a beleza das mulheres com fotos das belezas ocidentais e orientais.

  2. Nadirrr, esse logo que vc colocou a direita da sua página, o raminho, atrapalha a leitura do post, não acha não?? não dá pra colocar a esquerda???

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s