Mulheres escalpeladas

Escalpelamento é o arrancamento brusco do escalpo (couro cabeludo). Este é um problema comumente encontrado na Amazônia. Domingo passado no Programa do Gugu foi apresentada uma matéria a respeito deste assunto.

O barco é o principal meio de transporte naquela região e o problema acontece quando os cabelos das mulheres acidentalmente tocam o eixo perto do motor. A forte rotação prende os cabelos em torno do eixo e consequentemente a força exercida faz com que o couro cabeludo seja arrancado, e isso pode se estender as orelhas, sobrancelhas e até partes do rosto. O pior é que sem o couro cabeludo não há mais como o cabelo voltar a nascer e as vítimas tem que viver com essa realidade pro resto da vida.

O ex presidente Lula sancionou uma lei que institui o dia 28 de agosto sendo o Dia Nacional de Combate e Prevenção ao Escalpelamento, o que incentiva as autoridades a ajudar as vitimas de escalpelamento e fazer com que outras mulheres não tenham que passar pelo mesmo sofrimento.

O escalpelamento que conhecemos no Brasil é decorrente da falta de segurança nos barcos da Amazônia, mas lá nos Estados Unidos já ocorreram escalpelamentos propositais. Lá o escalpelamento é considerado um costume indígena, mas foi inserido na cultura americana pelos chamados mexicanos bandoleiros e também por caçadores americanos na ânsia de ganhar o dinheiro oferecido pela Pensilvânia por cada índio morto. Trazer consigo o escalpo do inimigo fazia com que o vencedor fosse mais merecedor do prêmio, sem contar que era uma prova de que o inimigo estava realmente morto.

Anúncios

3 Respostas para “Mulheres escalpeladas

  1. espero que essa lei de proteção nos barcos se faça valer com rigor para que não aconteça mais esses acidentes com as mulheres.

  2. Se perder os cabelos já mexe na autoestima de um homem, imagina a falta em uma mulher… 😦
    Cabelo é a tradução da alma feminina, os meus eu só solto em ocasiões muuuuito especiais… (as pessoas até me criticam, ô povo incomodado com a vida alheia).
    Que Deus ajude essas mulheres vitimadas, e que nos proteja desse mal, ou de qualquer outro que nos faça perder os cabelos.

    • E o pior que não tem como fazer com o que o cabelo volte a nascer, isso que é o pior. Tudo bem que elas podem usar perucas, mas nada substitui o natural, sem contar que uma peruca de qualidade é cara e está fora da realidade da maioria das mulheres lá do Amazonas, e daí elas tem que usar perucas de má qualidade que além de não ficar esteticamente legal, ainda machuca a cabeça delas…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s