Você casaria com alguém com menos estudo que você?

Passando por este blog , encontrei um texto que me chamou atenção. A autora comentava sobre uma determinada pessoa que havia casado com um cara cujo grau de instrução era bem inferior ao dela: ela é pós graduada e ele tem apenas o 1º grau, daí vem a pergunta: “Você casaria com alguém com menos estudo que você?”

Bom, casamento é algo complicadíssimo de lidar, é preciso muito mais do que a famosa química, pra que as coisas deem certo. Obvio que a parte sexual da questão conta muito, mas não sei até que ponto continuaria contando no caso do casal não ter condições de trocar ideias e experiências em um mesmo nível.

O estudo abre a mente do ser humano para novas ideias, faz com que novos horizontes sejam descobertos, e as descobertas são sempre tão fantásticas que é quase que impossível viver em limites. O amor é lindo e a vida é cor de rosa, mas uma vez que descobrimos a imensidão desse mundo, é complicado aceitar viver dentro de uma bolha. Se é dificil manter uma amizade sólida com quem não fala a mesma língua, imagina manter um casamento…

Por outro lado, nem sempre diplomas e aneis nos dedos são sinônimos de intelecto elevado e boa vida financeira garantida. Há pessoas que não tem o grau de instrução esperado pela sociedade, mas tem uma experiência de vida que coloca qualquer doutor no bolso. São pessoas que podem até não ter diploma, mas estão sempre antenados com o que acontece no mundo e de uma forma ou de outra tentam manter-se atualizados, e acreditem, alguns conseguem levar uma vida mais confortável do que muito diplomado por aí.

Nível acadêmico é importante, e deve ser levado em consideração antes de juntar as escovas de dente, mas na prática o que conta é o intelecto que ao meu ver, independe dos anos passados em sala de aula…

Anúncios

4 Respostas para “Você casaria com alguém com menos estudo que você?

  1. É questionável,com certeza,e vai muito de cada pessoa, ou neste caso do casal,já namorei uma pessoa, que tinha menos estudo que eu, e ao me ver estudar, ele sentiu necessidade de ir buscar,não que fosse problema para nós,mas foi como um incentivo para ele,e hoje está fazendo Pós, e com a vida profissional bem encaminhada. Porém conheço um casal, que a esposa tem maior grau de estudo que o esposo, isso facilitou ela ter um emprego melhor que o dele, e claro, maior salário, e isso trouxe bastante problemas para ambos. O mundo é machista,não há como negar,e mtos homens se sente diminuído quando a mulher tem um poder aquisitivo melhor, com liberdade financeira de comprar uma TV melhor, jantar num restaurante mais caro. Comparo a um julgo desigual, uma pessoa evangélica e uma espiríta, por mais que se amem,a religião será um ponto X entre os dois,por isso o mais aconselhavél é, casar com uma pessoa que tenha a mesma orientação religiosa que vc. Assim tb penso, sobre o lado profissional,porém isso não é regra!!

  2. Meu sobrinho tem pós doutorado e é muito bem casado com uma das maiores e melhores costureiras dos bastidores da haute couture. Ela é culta, tem excelente gosto, é educada, tem visão, sensibilidade e ainda por cima ela o ensinou frances! Ela trancou a matrícula na faculdade após receber uma proposta generosa, tempo em que era noiva dele e ganhava MAIS do que ele, que era bolsista durante o mestrado. Ele está mais feliz do que ele era com alguém cujo perfil eu descrevo no blog ao mencionar a canalização da genialidade para o mal, o perverso de fato, e se safar justamente por ter tanta instrução e prestígio diante dos que ainda não conhecem o caráter da mesma. Eu só me desinteressaria por alguém fechado para o novo e para o aperfeiçoamento. Também, apesar de não ser a mais letrada das pessoas, não admito estas pessoas que independente de ter ensino básico ou diploma da Universidade Pagou, Passou insistem em escrever mal e porcamente. No mais eu ainda creio nas trocas entre as pessoas e formas informais de educação.

  3. Minha irmã tem pós graduação e é casada com um rapaz q tem o nível médio mais simples (antigo científico). Vivem muito bem…
    Eu acho q me casaria sim, com alguém de nível mais baixo, desde que ele não fosse um acomodado, escorão, sem perspectivas na vida. Também concordo contigo quando dizes q o importante é o intelecto, as experiências, um papo legal e a “química” claro .
    😉

  4. Eu casei com um rapaz com bem menos anos de estudo do que eu, e isso nunca influenciou em nosso casamento.Tenho os meus momentos de estudo e leitura, e ele os respeita, sem questionar, assim como eu os dele, de futebol ou jogos no computador.
    Beijo
    Adri

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s