Professores não fazem mágica!

Eu fico bestificada com a capacidade de certos seres humanos… Seu Fulano dos Grudes chega pra mim e diz que será submetido a uma seleção para uma vaga de emprego e nessa seleção haverá um teste de inglês, aí o individuo com a cara mais lisa sai com essa: “Me da algumas dicas aí pra eu me sair bem no teste”. O detalhe é que todo o conhecimento de língua inglesa que o camarada tem é baseado no que ele viu no Ensino Médio e em um cursinho fundo de quintal que ele fez sabe Deus onde. Perguntei “What’s your name” e ele ficou me olhando com cara de “What the hell is that”… Putzzz até onde eu saiba, professores ainda não receberam super poderes pra fazer milagres…

Eu fiz um cursinho de árabe, sei ler as minhoquinhas e tenho um vocabulário que da pra escapar, dependendo da situação, mas quem disse que isso é suficiente para me candidatar a uma vaga de emprego onde o árabe fluente é exigido?! Mas nem aqui, nem nas Arábias! Eu teria ainda que estudar e praticar uns bons anos pra poder pensar nessa possibilidade… Conhecimento é uma construção que, como qualquer outra, ocorre em etapas. É impossível um iniciante ser promovido a avançado sem que antes ele passe pelo intermediário…

Olhei pra cara do indivíduo e sugerí que ele primeiro se matriculasse em um bom curso de inglês, depois ouvisse muita música, muito filme sem legenda, lesse muito em inglês, se expusesse ao máximo ao idioma que com certeza ele alcançaria a fluência desejada, e ele desesperado: “Mas a seleção é semana que vem…”. Ah tá, será que falaram pra ele que eu tenho uma varinha mágica que atende todos os desejos impossíveis?! Ah não, preciso economizar a minha beleza, que já é pouca!

Fica aqui a dica, procurem construir seus conhecimentos com antecedencia, eles precisam estar prontinhos quando a necessidade chegar…

Anúncios

3 Respostas para “Professores não fazem mágica!

  1. Acho isso tenso.

    E pensar que já vi professor perder emprego porque o aluno não se esforçou e foi mal… 😦

    • O que eu fico vendo é que tem pessoas que quer ter a fluencia de um dia pro outro, e não tem como, seja qual for o idioma que a pessoa queira aprender, tudo é parte de um processo que dependendo de cada um, pode ser lento ou não, então cabe a cada um começar esse processo cedo, daí quando a necessidde aparecer, a pessoa já estará meio caminho andado…

  2. Pois é, não é de hoje que se ouve sobre a importância de falar Inglês, por isso q eu corri atrás faz teeeeeeeeempo kkkkkk.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s