Amy Winehouse morreu!

A morte não é nenhuma novidade na vida dos seres humanos, mal a pessoa nasce e já torna-se um candidato a sepultura, uns são contemplados mais cedo, outros mais tarde, mas o fim é certo: um dia morreremos.  Então, nem teria necessidade de espanto frente a morte de uma pessoa, afinal, já não sabiamos disso?

Estou aqui no MSN quando um amigo escreve: “Amy Winehouse died” (Amy Winehouse morreu), pensei cá comigo que se tratava de mais uma brincadeirinha virtual, dia desses mataram Silvio Santos também, mataram até Barak Obama, e no entando, eles estão aí vivinhos da Silva. Não dei importância até que fui pro Facebook e várias pessoas comentavam a mesma coisa: “Amy Winehouse morreu!”. Tá bom, então vamos procurar um site de confiança pra ver o que tinha por lá e lá estava: “Cantora Amy Winehouse é encontrada morta em Londres“. Putzzz era mesmo verdade!

A morte em sí não me chocou tanto, afinal, ser humano nenhum é eterno, o que me chocou mesmo foi o caminho que a levou a uma morte tão prematura. Dizem que as pessoas só morrem quando chega o dia, tenho lá minhas dúvidas, no caso de Amy Winehouse não será que ela antecipou?

Os noticiários dizem que a causa da morte ainda é desconhecida, mas alguém aí tem dúvidas do que possivelmente tenha sido? Eu não. Dúvida tenho sim, do que leva uma pessoa, que aparentemente tem tudo pra viver bem e feliz, seguir por caminhos como este que Amy Winehouse escolheu seguir. Tenho uma única certeza: as pessoas precisam de Deus!

4 Respostas para “Amy Winehouse morreu!

  1. Por aí a gente ve como as religiões que proibem qualquer tipo de vício estão corretas… só se sabe se a pessoa é sucetível a partir do momento em q ela se prova, melhor mesmo nunca provar… Aí já entra em outras questões como a educação familiar e a força de vontade de cada indivíduo para não ser “maria vai com as outras”, pois no caso dela, o marido foi o apresentador.

  2. É… infelizmente, ela escolheu.levar uma vida nociva, com vícios e riscos altíssimos!

    Sendo espírita kardecista, acredito que esse tipo de vida é uma espécie de suicídio, porque levando essa vida e não parando a tempo, o resultado é uma morte trágica e prematura.

    Resta pedir para Deus ajudar a pobre alma dela! E que a família tenha forças e equilíbrio para aprender a conviver com essa perda!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s