Tribo indonésia amputa os dedos para demonstrar sofrimento

Pode parecer absurdo para nós, mas em algumas culturas, a amputação é uma forma comum de luto.

A prática é mais usada pela tribo Dani, na Indonésia. Os membros desta tribo cortam seus dedos como uma forma de mostrar sua dor e sofrimento nas cerimônias de funeral.

Junto com a amputação, eles cobrem seus rostos com cinzas e barro, como uma expressão de tristeza.

As mulheres, em sua maioria, eram sujeitas a este ritual doloroso. As crenças religiosas da tribo exigiam este tipo de rito. Se a pessoa falecida era considerada poderosa, acreditava-se que os seus espíritos conteriam poder igual. A fim de apaziguar e afastar esses espíritos, várias práticas chocantes eram feitas.

Meninas que se relacionavam com os mortos de alguma forma tinham a parte superior de seus dedos cortados. Antes de serem cortados, os dedos eram amarrados com uma corda por mais de 30 minutos. Após a amputação, as pontas dos dedos eram queimadas e as cinzas enterradas em uma área especial.

Outra explicação oferecida para o ritual é que a dor física simboliza o sofrimento e a dor devido à perda de um ente querido. Nesse caso, o dedo pode ser cortado por um familiar próximo, como a mãe, pai ou um irmão.

Em um ritual similar bizarro, as pontas dos dedos mindinhos de bebês eram arrancadas por suas mães. Essa prática pode ter se originado em um tempo em que a maioria dos recém-nascidos morriam por causas diversas. A esperança era de que, tirando a ponta do dedo do bebê, ele viveria mais tempo.

Hoje em dia, essa ritual é banido. Ainda assim, é bem fácil notar as mulheres anciãs da tribo sem a ponta dos cinco dedos.

Fonte

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s