Arquivo da categoria: Expressões do cotidiano

:: [Dicas de Inglês]: Cheio de frescura ::


Como que dizemos “fresco” em inglês? Aquelas pessoas que são muito meticulosas, exigentes, minuciosas, chatas. Uma pessoa que nada parece agradá-la. Sabe aquelas pessoas “cheia de nove horas“? Então, como que podemos nos referir a elas em inglês?

Em inglês uma das palavras mais usadas para definir este tipo de pessoa é “fussy” [be fussy about]. Veja os exemplos:

  • My sister is really fussy about her looks.
    [Minha irmã é cheia de frescuras com a aparência dela. | Minha irmã é muito fresca com a aparência dela.]
  • They’re very fussy eaters, aren’t they?
    [Eles são muito frescos com comida, não são? | Eles são cheios de frescuras com comida, não são?]
  • I don’t like him. He’s really fussy.
    [Eu não gosto dele. Ele todo cheio de nove horas. [Eu não gosto dele. Ele é muito fresco. | Eu não gosto dele. Ele é todo cheio de frescuras.]
  • Don’t worry about me! I’m not a fussy eater.
    [Não se preocupe comigo. Não tenho frescuras com comidas. | Não esquenta comigo! Eu não sou fresco pra comidas.]
  • Our teacher is very fussy about punctuation.
    [Nosso professor é cheio de frescuras com pontuação. | Nosso professor é todo fresco com pontuação.]
  • You’re too fussy. – That’s your problem.
    [Você é muito fresca. Este é o seu problema. | Você é cheia de frescuras. Este é o seu problema.]
  • Stop being so fussy!
    [Deixe de tanta frescura! | Larga de frescura! | Deixa de frescura! | Deixa de ser tão fresco! | Larga mão de ser fresco!]

Para encerrar saiba que para dizer “fresco” com relação ao clima [temperatura] a palavra será “cool”. Portanto, “cool weather” é “clima fresquinho” [ou seja, nem frio demais e nem quente demais, a temperatura na medida]. Agora se o “fresco” for referente a comida, então diga “fresh food” [comida fresca], “fresh meat” [carne fresca], etc. No entanto, se “fresco” for uma referência a comportamento afeminado de alguns homens, então diga “camp” ou “campy“.

Fonte: Inglês na Ponta da Língua

Anúncios

[Dicas de Inglês] – Expressões Idiomáticas


Tem coisa mais chata do que expressões idiomáticas? Quando essas estão no nosso idioma até que não, mas complicado é entendê-las quando estão no idioma dos outros. Vamos aprender algumas em inglês?!

Confira os videos…

[Dicas de inglês] – Parece mas não é!


Quem estuda ou estudou inglês já ouviu falar nos “false friends”, que são os falsos cognatos; aquelas palavras que parecem ser uma coisa em português, mas são outra completamente diferente em inglês – como “actually”, que parece “atualmente”, porém significa “na verdade”.

Só que o inglês tem mais de uma forma de “parece, mas não é”. Há expressões formadas com palavras absolutamente inofensivas e significados inusitados, que podem enganar alguns e até colocar você em encrenca.

Vejam esses oito exemplos:

Run your mouth: Não, não é falar correndo, nem correr com a boca (afinal, como é que você correria sem ela?). Esta expressão quer dizer “reclamar ou xingar muito, sem parar”.

Pack heat: A coisa pode esquentar se alguém “packs heat”, só que não é pelo calor: “pack heat” é “andar armado”.

Be high: Se você quiser dizer que alguém é alto, nada de usar “high”, porque “you’re high” é “você está chapado / bem louco / fora de si”.

Beat it: Esta aqui já ficou famosa na música de Michael Jackson. Você sabia que não tem nada a ver com bater em algo? “Beat it” é “se manda / caia fora”.

Bite me: Pedir para alguém morder você é bizarro, já dizer “bite me” é grosseiro mesmo, uma vez que significa “vá se catar”.

Eat it: Você pode até ouvir “eat it” de uma mãe mandando o filho raspar o prato. Só que, como contexto é tudo, cuidado. Se não houver um prato de comida envolvido e alguém mandar você “eat it”, está mandando “engolir seco”, “aguentar o tranco”ou mandando “cair de cara no chão”.

In deep: “Nas profundezas” seria tão poético, não? É, só que “in deep” significa “metido em encrenca”.

Be schooled: Lamento se você for daqueles que acha que estar na escola já é ruim o bastante para que “be schooled” tenha outro significado. Primeiro, escola pode ser um lugar muito bacana! Segundo, “be schooled” é “levar uma lição”, geralmente após perder feio num jogo ou em algum desafio. Detalhe: se você for do tipo que evita uma boa escola, pode acabar “being schooled” fora dela. 😉

By Vanessa Spirandeo

[Dicas de Inglês] – Quebrar o galho


TO MAKE DO
[quebrar o galho]

  • We didn’t have any sugar to sweeten our tea so we had to make do with honey.
  • Não tínhamos açúcar para adoçar o chá e, assim, tivemos de quebrar o galho com mel.

O uso de to make do é apenas uma alternativa abrangente para a idéia de “quebrar o galho”. Em outros contextos, poderemos usar outras expressões, como neste exemplo:

  • Frank always helps me out whenever I need anything.
  • Frank sempre quebra o meu galho quando preciso de alguma coisa.

 

Fonte: Tecla Sap

[Dicas de Inglês] – Cuide da sua vida


[Dicas de Inglês] – Dar com a língua nos dentes


spill the beans

[Dicas de Inglês] – Vapt Vupt


  • I’ll be back in a flash.
    [Eu volto rapidinho. | Já eu volto. É vapt vupt.]

 

  • Joel slipped but was on his feet in a flash.
    [O Joel escorregou mas ficou de pé vapt vupt. | O Joel escorregou mas ficou de pé rapidinho.]

 

  • You call me and I’ll be here in a flash.
    [Me liga e eu estarei aqui vapt vupt.]

 

Fonte: Inglês na Ponta da Lingua

[Dicas de Inglês] – Name the day


Expressão Idiomática (Idiom): Name the Day
Tradução:
marcar o dia do casamento
Pronúncia:
/neɪm/ /ðə/ /deɪ/ (entenda os símbolos fonéticos)
Exemplo:
Well? Have you named the day?
(E então? Vocês já marcaram o dia do casamento? )

By Mark Nash

[Dicas de Inglês] – Encher linguiça


“Encher linguiça” é uma expressão comum no Brasil cujo significado é “enrolar”. Ou seja, muitas vezes nós não dizemos diretamente o que queremos e começamos a usar várias palavras e sentenças para ganhar tempo ou para enrolar a outra pessoas. Isso geralmente acontece quando não queremos falar o que temos para dizer. Quando isso acontece é possível ouvir algo como “pare de encher linguiça e diz logo o que aconteceu”. Trata-se de um aviso para que a pessoa encurte a história, pare de enrolar e diga logo o que mais interessa. Pronto agora que consegui encher linguiça nesse parágrafo posso ir direto ao próximo e dizer como se fala isso em inglês.

Uma palavra comum entre os falantes nativos da língua inglesa [principalmente os britânicos] é waffle [clique para ouvir a pronúncia]. Nos dicionários ela é definida assim: talk or writing that uses a lot of words but does not say anything important or interesting [conversa ou escrita que usa muitas palavras, mas não diz nada de importante ou interessante]. Veja os exemplos:
  • Stop waffling and get to the point. [Pare de encher linguiça e vá direto ao ponto.]
  • I hate when you start waffling. [Odeio quando você começa a encher a linguiça.]
  • The moment I realized she was waffling, I knew it was a lie. [Quando eu percebi que ela estava enrolando, eu soube que era mentira.]

Uma expressão que também cai bem para essa expressão e que é conhecida por praticamente todos que falam inglês no dia a dia e “beat around the bush”. Se ao invés de waffle nós usarmos essa, os exemplos acima ficarão assim:

  • Stop beating around the bush and get to the point.
  • I hate when you start beating around the bush.
  • The moment I realized she was beating around the bush, I knew it was a lie.

Certamente, há ainda outras palavras [gírias e mesmo expressões] para transmitir essa ideia. No entanto, com essas duas aí você dirá o que deseja e não terá de ficar “beating around the bush” para achar as palavras certas.

 
Fonte: Inglês na Ponta da Lingua

[Dica de Inglês] – Desculpa esfarrapada


Como ando bem sem tempo, serei direto na resposta. Acredite, isto não é desculpa esfarrapada para que eu escreva pouco; trata-se da falta de tempo mesmo e esta é a mais pura verdade.

“Desculpa” no sentido ao qual me refiro aqui é aquele de “explicação para algo”. Em inglês, a palavra é “excuse”. Mas saber apenas a palavra não é o bastante, você precisa ir além disto. Para tal, nada melhor do que exemplos para ajudar a entender mais:
  • The teacher didn’t accept my excuse. [O professor não aceitou minhas desculpas.]
  • He had no excuse for being late. [Ele não tinha desculpas por estar atrasado.]
  • We have to come up with a wonderful excuse. [Nós temos de arrumar uma desculpa muito boa.]
  • She made up some stupid excuse to her parents. [Ela inventou uma desculpa rídicula para os pais dela.]
Veja as combinações [collocations] interessantes que você pode aprender aí:
  • accept (one’s) excuse – aceitar as desculpas (de alguém)
  • have excuse for – ter desculpas para/por
  • come up with an excuse – arrumar uma desculpa
  • make up an excuse – inventar uma desculpa
Agora, para dizer “desculpa esfarrapada” em inglês há também combinações bem interessantes. A mais conhecida é “lame excuse“. Mas tem ainda: “feeble excuse“, “flimsy excuse“, “pathetic excuse” e [nos Estados Unidos] “lousy excuse“. Com elas você pode dizer:
  • What a lame excuse! [Que desculpa mais esfarrapada!]
  • That’s the lousiest excuse I’ve ever heard. [Esta é a desculpa mais esfarrapada que já ouvi.]

 

Fonte: Inglês na Ponta da Língua