Arquivo da categoria: Qual a diferença entre…

Let’s speak English! #3


E que tal saber a diferença de algumas palavrinhas que para nós pode parecer ser a mesma coisa, mas na verdade não são?!
Vamos lá?!

Say e Tell

What e Which

If e Whether

Have e Have got

No e not

Anúncios

[Dicas de Inglês] – So X Such


So deve ser usado antes de um adjetivo e Such deve ser usado antes da combinação adjetivo+substantivo.

She is so beautiful

He has such a heavy suitcase

Então se você se deparar com a combinação adjetivo+substantivo nem pense duas vezes, assinale a opção que tiver such

[Dicas de Inglês] – In X At


[Dicas de Inglês] – Hear and Listen


Segue o video com dicas muito interessantes a respeito dos verbos Hear and Listen, e melhor ainda, dicas dadas por um nativo!

Confira!

Diferença entre ‘no’ e ‘not’



A maioria dos sites e blogs procura explicar a diferença entre elas dizendo que ‘not’ é um advérbio e vem sempre seguindo de um verbo. Já ‘no’ pode ser um advérbio, mas pode ser também um adjetivo. E aí eu pergunto: “Hein? Como? Onde? Hã?”. Explicação simples, né? Pelo menos para quem escreve! Mas vamos ver s e gente consegue algo mais estranho que isso.

Veja bem! A palavra ‘not’ é usada [eu disse usada] geralmente quando queremos negar uma ação, fato, etc. em uma sentença:

  • I do not like this. [Eu não gosto disso.]
  • They are not my friends. [Ele não são meu amigos.]
  • We will not travel tomorrow. [A gente não viajará amanhã.]
  • She is not at home. [Ela não está em casa.]
  • You cannot drive. [Você não sabe dirigir.]
  • He did not help us. [Ele não ajudou a gente.]
  • It is not raining. [Não está chovendo.]
  • I have not talked to her. [Eu não tenho falado com ela.]

Note que nas sentenças acima a palavra ‘not’ foi usada com outra palavra. Essa outra palavra é um verbo. Alguns desses verbos são auxiliares [am, is, are, have] outros são modal verbs [ou auxiliares modais]. Como eu odeio esses tecnicismos aconselho você a aprender as palavras [do, did, does, am, are, is, will, would, have, etc] e saber que muitas vezes, em sentenças negativas, elas poderão ser seguidas por ‘not’.

Veja a seguir outros usos de ‘not’:

  • I can see you tomorrow, but not on Monday. [Eu posso te receber amanhã, mas não na segunda.]
  • She may talk to you, but not to him. [Talvez ela fale com você, mas não com ele.]

Já o termo ‘no’ possui inúmeros usos. Ele aparece em várias expressões em inglês, com:

  • No way! [De jeito nenhum.]
  • Oh, no! [Ah, não!]
  • No, thanks. [Não, obrigado.]
  • No, no, and no! [Não, não, não!]
  • No! [Não!]
  • Just say no! [É só dizer não!]
  • No! Really?! [Não! Sério!?]

Veja que as sentenças [frases] acima são sempre usadas dentro de um contexto. Não há tempo aqui para discutirmos isso. Mas preste atenção como elas são usadas em filmes, seriados, bate-papos, etc. Vê-las em uso real e muito melhor do que tentar encontrar uma explicação gramatical.

‘No’ é ainda usado com o sentido de ‘nenhum’, ‘nenhuma”:

  • No employee has the right to do that. [Nenhum empregado tem o direito de fazer isso.]
  • No teacher came to school today. [Nenhum professor veio para a escola hoje.]
  • No girl must come in here. [Nenhuma garota deve entrar aqui. | Não é permitida a entrada de garotas.]

Muitas vezes podemos usar ‘not’ ou ‘no’ em uma sentença; no entanto, o modo como a sentença é realizada será diferente. Observe:

  • “I don’t have a car” ou “I have no car” [Eu não tenho carro]
  • “There wasn’t an answer” ou “there was no answer” [Não teve resposta]
  • “She doesn’t like music” ou “she likes no music” [Ela não gosta de música]

Em resumo, eu costumo dizer que o uso de ‘not’ e ‘no’ você aprende com o tempo. O segredo é observar como cada uma é usada nas sentenças que você encontrar durante os seus estudos. Muitas vezes você encontrará uma lógica, outra não encontrará lógica alguma. É preciso paciência para entender o uso das duas palavrinhas.

Se te servir de consolo saiba que eu também tinha essa dúvida. Mesmo quando eu comecei a dar aulas, eu me via com dúvidas sobre como usar uma e outra. Demorou um bom tempo até que eu aprendesse que não deveria me preocupar com elas. O jeito era simplesmente observar como elas eram usadas, criar sentenças semelhantes às que eu via, repetir as sentenças em voz alta, usar quando conversasse com alguém ou escrevesse um texto e torcer para estar certo. Portanto, não entre em desespero por causa de ‘no’ e ‘not’. Simplesmente observe, crie exemplos baseados nas sentenças que você observar, e arrisque!

Fonte: Inglês na Ponta da Língua