Arquivo da categoria: Noticias Nacionais

Sua última chance de ver Vênus em trânsito


Anote na agenda: do dia 5 de junho para o dia 6 do mesmo mês, vai acontecer um evento celestial raro, chamado de trânsito de Vênus, que muito provavelmente não vai se repetir dentro do seu período de vida. A não ser que você viva mais de 120 anos.

O fenômeno consiste no alinhamento de Vênus com o sol, causando uma espécie de “eclipse”. Mas não se trata de um eclipse verdadeiro, já que Vênus é 30 vezes menor que a maior estrela de hélio de nossa galáxia. Tanto que apenas 0,1% do brilho solar será afetado. Por isso, tal fenômeno é intitulado “trânsito” pelos físicos.

O evento durará cerca de 7 horas e, no Brasil, só será visível no extremo oeste, de acordo com o Centro de Divulgação da Astronomia, da Universidade de São Paulo (USP).

E, segundo especialistas, os trânsitos de Vênus têm um período variável, porém previsível. Ele acontece em um intervalo de 8 anos, sempre seguido de outro intervalo de aproximadamente 121 anos, que, por sua vez, é seguido por outro intervalo de cerca de 105 anos.

A última vez que o evento aconteceu foi em junho de 2004 e, depois deste ano, o próximo só ocorrerá no ano 2117. As melhores localizações para observar o raro fenômeno estão no leste asiático, no leste da Austrália, na Nova Zelândia e no oeste do oceano Pacífico, bem como no Alasca, no norte do Canadá e em quase toda a Groelândia.

Aqui na América do Sul e Central, contudo, o trânsito só será visível durante seu início.

Fonte

Distribuição de camisinhas nas escolas


Vocês viram esta matéria? O fato é que o governo quer oferecer instalação de máquinas de camisinhas em escolas do ensino médio… Aí os especialistas no assunto dizem que essa é uma maneira de prevenir gravidez indesejada e as doenças sexualmente transmissíveis, e eu acrescento que é também uma forma de antecipar a vida sexual do adolescente e o pior de tudo: banalizar o sexo. A molecada pode fazer sexo a vontade, quantas vezes quiserem e com quem bem desejarem, contanto que usem a camisinha, está tudo certo.

Sei que a gravidez na adolescencia e doenças sexualmente transmissíveis são de fato  problemas sérios que devem ser levados em consideração, mas será que incentivando a juventude a prática do sexo seguro, porém sem compromisso, é o meio mais indicado pra isso?

Porque não trazer para essa geração os bons ensinamentos da geração passada? E os bons ensinamentos religiosos acerca do sexo? Porque eles também não poderiam ser colocados em prática? Não no sentido de fazer com que o sexo seja visto como algo sujo ou de repente obrigar todos a só praticarem o sexo depois de assinar um contrato de casamento, mas pelo menos ensinar as pessoas que o sexo é uma prática que deve ser feita não apenas pelo lado hormonal da questão, mas que o respeito, amor, carinho devem estar acima de qualquer necessidade fisiológica.

Outra questão que deveria ser analisada, era uma forma de reeducar os pais desses adolescentes, que ao meu ver não dão a devida educação sexual aos seus filhos simplesmente pelo fato de não terem tido esta educação e não fazerem a mínima ideia de como proceder frente a certas situações onde a sexualidade está envolvida.

Enquanto isso, eu fico aqui pensando se vale a pena correr o risco de colocar filhos nesse mundo…

Nasceu Facebookson!


E quando eu penso já ter visto de tudo nesse mundo, dou de cara com esta matéria. Os pais, que se conheceram através do Facebook, tiveram a brilhante ideia de batizar o filho com o nome do site de relacionamento. Pode uma coisa dessas!? 

Tá bom, tá bom… Confesso que quando eu tiver um filho, penso em colocar nele o nome de “Kefren” (o Faraó da grande pirâmide), mas pelo menos Kefren foi nome de uma pessoa né e não de uma coisa…

Fiquei com pena do menino…

Olha a cara dos pais retardados...

Garota é suspeita de matar a mãe para ver Calypso


Uma adolescente de 17 anos é suspeita de matar a mãe com 27 facadas no bairro Cauamé, em Boa Vista, em Roraima. A vítima, a professora Maria Junia Batista, 38 anos, teria negado o carro para a filha ir a um show da banda Calypso com amigas, na noite de sábado, o que teria motivado a briga e posteriormente o homicídio. Após o crime, a adolescente foi à festa.

Será que eu entendí bem essa noticia?! Que mundo é esse?! Onde está a racionalidade do ser humano?!

Terra Notícias

Aumento da carga horária nas escolas brasileiras


É isso mesmo, tá tudo certo! Aumenta a carga horária, deixa a molecada mais tempo na escola, deixa a casa só mesmo pra dormir, afinal, é tudo em nome de uma preparação de melhor qualidade, daqui a pouco essa molecada vai ter que enfrentar o mercado de trabalho e nada melhor do que mais tempo para se preparar, não é não?!

Vocês viram essa noticia hoje? Aos que não viram, da uma passadinha aqui e fiquem por dentro dos detalhes, mas o fato é que inventaram um projeto de lei para aumentar a carga horária de 800 horas pra 960, com o argumento de que o conteúdo repassado para os alunos é insuficiente…

É né?! Ao inves de aumentarem a quantidade de horas, deveriam mesmo era aumentar a qualidade do ensino nessas horas já existentes, porque se for pra ficar mais tempo na escola e continuar enchendo linguiça como acontece em muitos e muitos casos por aí, não sei onde que vai encaixar essa melhora esperada pelo criador da tal lei…

Deveriam sim era dar uma qualidade de vida melhor ao professor, recursos para que as aulas pudessem ser o que realmente deveriam, mas o que adianta aumentar a quantidade de horas que os alunos permanecerão na escola, se a realidade do ensino em sí continuar o mesmo?!

Servidora exonerada por causa de uma rifa


É isso aí, a corda só arrebenta pro lado mais fraco. As coisas no Brasil são tão engraçadas não é não?! Os políticos pintam o sete, quer dizer, pintam na verdade a matemática toda, fazem e acontecem, nos chamam de palhaços em fonte Arial Black, 72, negrito, pink purpurinado e no final tudo acaba numa pizza daquelas tamanho família gigante…

Aí lá vai a coitada da servidora pública nas melhores das intenções fazer uma rifa pra ajudar sabe lá quem que está passando por dificuldades financeira e ela é simplesmente exonerada porque a rifa sorteava umas horinhas no motel, aí lá vem aqueles politicos cheios de moral dizer que órgãos públicos não são locais para esse tipo de coisa, e ainda tem brasileiro que ajuda a cavar mais o buraco pra a coitada da servidora afundar e assinam embaixo.

Levando em consideração que Brasil não é, por exemplo, a Arábia Saudita, qual o problema de sortear umas horinhas de prazer?! Se o ganhador(a) vai com o(a) parceiro(a) dele(a) ou não, isso também não é problema nosso e tenho quase certeza que as leis brasileiras também não estão nem aí pra isso…

A parte engraçada da piada é que políticos e cidadãos brasileiros ficam escandalizados com casos insignificantes como esse, sem contar que a punição é bem rápida né, a coitada da moça já foi exonerada, agora coisa B-E-M pior acontece em uma penca de órgãos públicos ao redor desse Brasil e eu não vejo o povo ficar tão revoltado desse jeito…

A propósito, alguém aí viu os recursos destinados a educação e saúde aqui da minha cidade?! No papel tá tudo tão lindo, mas na prática… vai perguntar aos alunos e aos doentes pra ver, isso aí não chega a ser motivo de escândalo e punição né?! E a rifa do motel é quem paga o pato…

Brasileira pilota pela 1ª vez um jato de guerra da Força Aérea Brasileira


Nesta semana, pela primeira vez, uma brasileira pilotou um jato de guerra da Força Aérea.

Carla Borges tem 28, é solteira, paulista de Jundiaí. Apesar do jeito tímido, a pioneira na aviação de caça tem ambições. Sabe que pode comandar um esquadrão e até a Força Aérea Brasileira.

“Eu como a primeira piloto a chegar na primeira linha, estou mostrando a todas que não tem limite”, disse.

A tenente trabalha com um traje que ajuda a distribuir o sangue, em voos a quase 1.000 km/h.

Continuar lendo…

É chuva!


Arma a sombrinha que tá molhando tudo! Aff!

Não faz nem um ano que as chuvas castigaram esses lados de cá e agora a história se repete. Ano passado eu estava linda, maravilhosa e brilhante dando uma volta pelo Oriente Medio e pelas ‘Oropas’ quando soube que aqui em Pernambuco as chuvas estavam pegando pesado e quase tive um ataque quando cheguei que ví a situação. Que queda! Um dia eu estava em Roma e no outro estava na lama… Pobreza!

Aqui em casa nada aconteceu, moro na parte alta da cidade e pra chegar água aqui só mesmo com um dilúvio, mas a parte baixa da cidade estava uma calamidade. O povo mal teve tempo de se recuperar do susto, e essa semana as águas do Rio Ipojuca invadiram novamente as casas. Não sei se eu digo ‘que pena’ ou ‘bem feito’…

Ruim, eu?! Nada! O povo é que não se preocupa com o proprio bem estar, o rio está seguindo seu curso, ele não tem culpa se o povo inventa de fazer suas casas nesse percurso ou pior que isso, encher o rio de lixo. Só colhemos o que plantamos né?! Se as pessoas entopem o rio, canaletas e afins de lixo, constroem casas bem as margens dos rios, vão esperar o que quando as chuvas chegarem?! Que elas criem asas?! Paciência né!!

Claro que lamento as pessoas que perderam seus bens em meio a essa enchente, mas se a humanidade fosse mais consciente do cuidado que deve ter com o Meio Ambiente, a realidade seria outra…

Tirei algumas fotos da enchente aqui, vejam…

Olha só a quantidade de lixo que estava dentro do rio… Depois ninguém entende o porque das enchentes…

Tá vendo aquela setinha laranja? Foi alí que chegou a água na enchente que houve 11 meses atrás…

Ponte sobre o Rio Ipojuca. Dessa vez até que não encheu tanto, ano passado as águas cobriram as colunas da ponte. Da pra imaginar?!

Precisa algum comentário?! E olhe que quando tirei essa foto, o nível já tinha baixado…

Restos da antiga ponte que foi levada em outra cheia nos anos 70…

“Evangélicos” praticam o nudismo em praias brasileiras


E quando eu acho que já ví de tudo nesse mundo religioso, me deparo com notícias como esta que me deixa bestificada com a capacidade do ser humano…

Como se não bastasse a penca de ramificações religiosas evangélicas que já existem nesse mundo, agora aparece uma tal de “evangélicos naturalistas”. Os “crentes” saem peladões por determinadas praias por aí, dizem que a pureza da alma não está ligada a roupas, até concordo, mas a alma vive dentro de um corpo que ao ver um outro corpo nú, não vai não vai pensar na morte de Cristo na cruz do Calvário, ao menos que o corpo esteja repleto de estrias, celulites, gorduras localizadas e afins…

Outros ainda perguntam onde na bíblia que está escrito que o cristão não pode andar nú… É realmente não está explícito lá, mas já lí algo do tipo ordem e decencia, e até para os padrões seculares o nú está longe da ordem e da decencia, imagina para os religiosos… e outra, já pensou se tudo estivesse escrito em detalhes na biblia?! Teríamos que levá-la num carro a parte, se bem que com a tecnologia atual daria pra levá-la em um pendrive potente né, mas o pessoal da geração passada estaria lascado…

Pior mesmo é querer justificar a prática do nudismo se espelhando em Adão e Eva, tudo bem que eles eram inocentes, o pecado até então não havia se apossado deles dois, mas que eu saiba, a partir do momento que o pecado tomou conta e eles tiveram consciencia do nudismo, as gerações que vieram depois deles não voltaram ao estágio inicial de inocencia não, ou voltaram e ninguém me avisou?!

E o que dizer da humanidade atual hein?! Se na época de Adão a inocencia já estava comprometida, eu não quero nem me arriscar a comentar da “inocencia” do pessoal de hoje em dia, mas os adeptos lá do naturalismo evangélico garante que não há maldade na mente dos “fieis”. É né, vai ver que a maldade está só na minha mente…

Ainda bem que o cristianismo em sua essência não incentiva essa coisa de naturalismo e graças a Deus que em nenhuma passagem bíblica encontramos Jesus pelado por aí… Ufa!

O trauma alheio que também é nosso…


De repente algumas alunas começam a gritar pelos corredores da escola, não é a primeira vez que isso acontece, na verdade é quase sempre assim, o diferente hoje foi a minha reação e a reação dos outros alunos que estavam aqui dentro desta sala. Todos se olharam sérios e posso até arriscar a dizer o pensamento de cada um deles…

Será que seria exagero meu dizer que a educação brasileira agora será lembrada como antes e depois da manhã de quinta-feira passada? Não sei, pode ser que daqui uns anos ninguém nem fale mais nesse acontecimento, mas o fato é que agora em qualquer escola, qualquer um pode ser suspeito, qualquer tom de voz mais alterado não será visto, a principio, como uma brincadeira. Que garantia teremos de não sermos as próximas vítimas?