Arquivo da categoria: Dicas da Semana

[Dica da Semana] – Confiar


O enredo por trás do tema confiança, sugerido pelo título do filme, trata dos perigos oferecidos por pessoas que se conhecem na internet. Annie (Liana Liberato) já é uma adolescente e seu bom comportamento levou seus pais, Will e Lynn, a aceitarem a ideia de presenteá-la com um computador.

Amizades virtuais surgem e os personagens de Clive Owen e Catherine Keener continuam atentos às descobertas da filha. Inclusive, conversam sobre o assunto e veem as fotos de Charlie, um garoto de 16 anos com quem Annie passou a conversar.

No entanto, o ponto alto de Confiar, dirigido por David Schwimmer (famoso pelo personagem Ross no seriado Friends), se baseia no que Annie faz sem que seus pais tomem conhecimento. Ela se encontra com Charlie e o que acontece neste dia muda a vida da garota e de sua família definitivamente.

Fonte

Anúncios

[Dicas da Semana #18] – Sorria, você está praticando inglês!


Taí uma forma divertida de enriquecer o vocabulário da língua inglesa, mais de 100 piadas em inglês com glossário específico para cada piada com equivalentes em português.

Já comprei o meu, e você, vai ficar só aí na vontade?

[Dicas da Semana #17 ] – Construindo um império / Egito


A dica dessa semana é para aqueles que são apaixonados por arqueologia e afins. Construindo um império – Egito é  uma viagem de 2 horas pelas mais impressionantes construções do antigo Egito. Ao visitar monumentos como a cidade de Akhenaton em Amarna, a superfortaleza Núbia de Senusret e o templo mortuário de Hatsheput, ficará claro porque esta civilização obteve semelhantes avanços da engenharia há mais de cinco milênios. Não é a toa que os egípcios detiveram o recorde por ter construído o edifício mais alto sobre a Terra até o século XIX.

Assista aqui um trecho do documentário.

[Dicas da Semana #16] – O que toda mulher inteligente deve saber


A dica de hoje é de total responsabilidade da minha amiga Lúcia. E lá estávamos nós na Terra de Los Hermanos quando em uma das poucas horinhas de descanso a peguei lendo um livro que me chamou muita atenção, e obviamente que me joguei no empréstimo né!

O tema principal é relacionamento amoroso, a linguagem é ótima e da pra ler em um só dia. Não vou comentar sobre o conteúdo pra não perder a graça, mas desde já aviso: não se assuste se por acaso você encontrar vários espelhos espalhados pelo livro…

Adquiram e depois me contem o resultado…

[Dicas da Semana #15 ] – Game da reforma ortográfica


E aí, vocês já se adaptaram a nova reforma ortográfica? Vou contar uma coisa a vocês, eu ainda me complico toda. O nosso idioma já é tão complicado, tão cheio de regras, não sei pra que esse povo fica inventando mais coisa pra complicar nossa vida, mas pra aqueles que, assim como eu, tem dificuldade em memorizar as novas regras, trouxe um joguinho que pode facilitar o aprendizado. Vamos jogar?

[Dicas da Semana #14] – Michaelis Dicionário de Erros Comuns do Inglês


Livro: Michaelis Dicionário de Erros Comuns do Inglês – Para falantes de Português
Autores: Mark G. Nash e Willians Ramos Ferreira
Editora: Melhoramentos
Páginas: 162
Preço médio: R$ 39,00
Livro Nacional

Um dos maiores desafios do estudante brasileiro de inglês é se livrar da influência do português durante a comunicação. O número de ciladas é tão grande que até mesmo os mais experientes estão sujeitos a deslizes.

Não é difícil ouvir um brasileiro dizer “the music is too high” para expressar “a música está muito alta”. No entanto, quando nos referimos a “música alta” geralmente usamos “loud music”. O novo “Michaelis Dicionário de Erros Comuns do Inglês” está recheado de dicas assim. Cada verbete apresenta a forma errada (com tradução), a forma correta e por fim uma explicação clara e objetiva sobre o erro. Uma mão na roda para um estudante do nível intermediário ou avançado.

Mark Nash e Willians Ferreira acertaram na escolha do tema, o dicionário com mais de 400 verbetes abrange realmente os erros mais comuns como o título sugere. É importante observar que, segundo os autores o erro é apresentado nesta obra não como algo negativo, mas como um fenômeno inerente ao processo de aprendizado. É como diz a frase “we learn by making mistakes”.

English Expert

[Dicas da Semana #13] – Jogos e atividades para o ensino de inglês


Professores de inglês, essa dica é para vocês…

Ensinar um idioma estrangeiro não é lá das tarefas mais fáceis, principalmente porque a grande parte dos alunos não estuda por prazer e sim por obrigação ou necessidade, então cabe a nós professores estimular nossos alunos levando-os a enxergar o aprendizado da nova lingua como algo divertido, e para isso, nada melhor do que jogos educativos.

Pelas minhas andanças nas livrarias da vida, encontrei o livro da imagem acima e logicamente que mais que depressa, catei pra minha coleçãozinha. Neste livro encontramos 300 jogos relativos ao ensino da língua inglesa. Os jogos estão classificados nos niveis básico, intermediario e avançado, divididos em quebra-gelo, vocabulário e gramática. É só escolher o nível da sua turma, o assunto a ser estudado e boa diversão!

O livro tem 231 páginas e custou R$ 59,90.

Fica a dica!

[Dica da Semana] – 15 minutos árabe


A minha dica de hoje vai para os autodidatas, em especial aqueles que adoram aprender novos idiomas… Da só uma olhada abaixo…

E lá estava eu no aeroporto, quando encontro uma livraria e óbvio que me joguei lá dentro e mais que depressa já fui fuçar a parte de idiomas. Foi daí que dei de cara com esse livrinho de 159 páginas que vem acompanhado de dois CDs, e sem pensar duas vezes, catei pra minha coleção, até porque não é tão fácil encontrar material de árabe moderno né?! Então, oportunidades dessas são únicas!

Eu estou simplesmente apaixonada por este material, o conteúdo é super atualizado, sem contar na infinidades de gravuras que ajudam que é uma beleza na memorização do vocabulário.

O livro com os dois CDs custaram R$ 54,90

Fica a dica!

[Dica da Semana] – O Diário de Bridget Jones


 
Primeiro quero agradecer a minha amiga Lucia Amorim, ela é a culpada pela minha paixão a primeira lida. Dias atrás ela comentou que tinha lido um livro muito bom e disse que me emprestaria para que eu lesse também. Livro em mãos, vamos à leitura!
 
Ainda nao lí todo o livro, mas confesso que me apaixonei por ele. Bom demais! Sem contar que tenho certeza que toda mulher que ler esse livro verá a auto imagem em alguma de suas páginas, se brincar, até no livro todo!
 
Dê uma lida no resumo abaixo e corra a livraria mais próxima. Você não vai perder essa oportunidade, vai?!
 
O Diário de Bridget Jones é uma narrativa em forma de diário que expôe a intimidade de uma mulher inglesa, solteira, de 30 anos, que se apavora ao pensar que pode ficar solteirona, quando seus amigos estão se casando. Numa festa de fim de ano, é apresentada a Mark Darcy, advogado de Direitos Humanos, conhecido da família desde que ele e Bridget eram crianças. Ela o considera um esnobe e procura ignorá-lo. Existem os envolvimentos amorosos equivocados com homens complicados, um pai e mãe em processo de separação, amigos entrando em crise conjugal, tudo isso juntamente com uma vida de solteira de classe média, tentativas de abandonar o tabaco, parar de beber muito, parar de comprar bilhetes de loteria e, principalmente, emagrecer. Diante da decepção com o colega de trabalho Daniel, Bridget resolve mudar de emprego e as situações por que passa na tentativa de se sair bem na nova função são simplesmente hilariantes. Hilariante também é a tentativa de preparar um jantar para os amigos, utilizando-se de um livro de receitas complicadíssimas e que acaba levando-a a servir uma sopa azul, e uma geléia de laranja. Enfim, sua mãe separada de seu pai e com um envolvimeto amoroso com um charlatão, torna-se fugitiva da polícia e, na tentativa de ajudá-la, Marck Darcy se envolve com Bridget e os dois acabam juntos, como namorados. O livro é divertido, arranca de nós algumas risadas, mas mostra-nos uma heroína frágil, não muito inteligente e complicada quando se trata de assumir o seu destino sozinha. Faz-nos refletir sobre as condições da mulher na sociedade de hoje

Mais sobre: O Diário de Bridget Jones

[Dica da Semana #10] – Elas


E nada melhor do que uma boa leitura para ampliar nossos horizontes!

Hoje trago “Elas” para vocês. Elas examina de perto a vida de 52 mulheres da Bíblia, algumas de destaque e outras não tão destacadas, apresentando a história da salvação sob uma nova perspectiva. O elenco de personagens é amplo e variado, incluindo de prostitutas e rainhas perversas a profetisas, de mulheres ricas a mulheres exploradas, de mulheres solteiras a casadas e viúvas, de jovens a idosas. Longe de se tratar de personagens fictícias, são mulheres de verdade, que lutaram contra a tragédia ou, algumas vezes, foram sua causa; que arriscaram a vida e a reputação por outros, cheias de compaixão e de sabedoria para vencer as dificuldades. A história dessas mulheres revela muito sobre o amor de Deus, o ciúme dele por nós e sua criatividade para extrair o bem das circunstâncias mais desesperadoras.

Elas / Ann Spangler e Jean E Syswerda – São Paulo: Mundo Cristão, 2003.

Adquira já o seu!!