Arquivo da categoria: Piadas

Homens fruta


Homem abacaxi – São coroas, mas sabendo descascar é uma delícia e muito suculento, porém a preparação é trabalhosa.

Homem abacate – Só apertando para saber se está no ponto, mas engorda com facilidade.

 Homem acerola – É pequeno, meio azedo e não faz o tipo que chama atenção, mas por trás disso tudo é supervitaminado.

 Homem banana – Muito comum, só anda agarrado com amigos, é pesado e dá indigestão se consumido antes de dormir.

 Homem beterraba – Apesar de ter sabor um pouco adocicado, nem fruta é!!! E a gente só consome porque a mamãe faz gosto.

Homem cereja – Narcisista, exibido, quer sempre ficar por cima e se acha muito importante, mas pra ser bom tem que estar maduro.

 Homem coco – Tem a casca dura, mas até que é gostosinho…

 Homem damasco – É meio fresquinho, mais ácido e menos suculento que o seu primo, o homem pêssego.

 Homem framboesa – É uma delícia, mas só tem no estrangeiro.

 Homem fruta do conde – Dá mais trabalho do que parece, finge ser muito importante.

Homem goiaba – A maioria está bichada.

 Homem jaca – Grande, parece ser gostoso, mas é enjoativo.

 Homem Kiwi – Peludo, exótico, mas muito gostoso.

 Homem laranja – Adora ser chupado, mas no fim está um bagaço!

 Homem limão – Azedo demais. Só dá pra encarar com cachaça.

 Homem maçã – É fácil encontrar e todo mundo já experimentou. Os importados são os mais gostosos.

 Homem manga – É cheiroso, suculento e no final ainda tem um caroço pra chupar, o triste são os fiapos…

 Homem mamão – É muito bom pela manhã, mas é difícil saber a diferença entre o papaya e o macho.

Homem maracujá – É azedo, todo enrugado e dá um sono! Mas com boa vontade dá um bom mousse…

 Homem melancia – casca grossa, redondo, pesado e por dentro é cheio de caroços e sem muito conteúdo.

 Homem melão – O cheiro é sempre melhor que o gosto.

 Homem morango – Bonito, vistoso, cheiroso, mas é meio azedo, artificial e estraga com facilidade.

 Homem pêssego – É até gostoso, mas a maioria já está em estado de conserva.

 Homem Romã – Divino, mas para ser consumido devemos seguir um ritual de paciência. Difícil de achar.

 Homem uva – Bom de qualquer jeito, mas seu produto nos embriaga…

 Qual dessas frutas irá para o seu carrinho de feira?

Anúncios

You’ve got mail!


A man was in his front yard mowing grass when an attractive blonde neighbor came out of her house and went straight to her mailbox. She opened it, then slammed it shut, and stormed back in her house. A little later, she came out of her house again, went to the mailbox, opened it and slammed it shut again. Angered, she again stormed back in her house.

As the man was getting ready to edge the lawn, she came out yet again. She marched to the mailbox, opened it, and then slammed it shut harder than ever. Puzzled by her actions, the man asked:

“Is something wrong?”

“There certainly is! My stupid computer keeps giving me a message saying “You’ve Got Mail.”

 

Vocabulary Help

  • again – novamente
  • anger – raiva
  • blonde – loura
  • come out – sair
  • front yard – jardim da frente
  • go (go, went, gone) – ir
  • harder – com mais fora
  • later – mais tarde
  • lawn – gramado
  • mailbox – caixa de correio
  • neighbor – vizinha
  • puzzled – surpreso, intrigado
  • slam shut – fechar com força
  • storm back in her house – ir rapidamente para dentro de casa
  • straight – direto
  • wrong – errado

Terrible Book


A blonde stormed up to the front desk of the library and said, “I have a complaint!”

 
 “Yes, Ma’am?” said the librarian looking up at her.

I borrowed a book last week and it was horrible!”

 
Puzzled by her complain the librarian asked “What was wrong with it?”

 
It had way too many characters and there was no plot whatsoever!” said the blonde.

 

 
The librarian nodded and said, “Ahhh. So you must be the person who took our phone book.”

VOCABULARY HELP

  • blonde – loura
  • borrow – pegar emprestado
  • complaint – reclamação
  • front desk – balcão de atendimento
  • librarian – bibliotecária
  • nod – balançar a cabeça em concordância
  • phone book – catálogo telefônico
  • plot – história, enredo
  • puzzled – surpresa, intrigada
  • storm up to – ir com fúria, depressa
  • week – semana
  • whatsoever – algum
  • wrong – errado

The Bathtub Test


It doesn’t hurt to take a hard look at yourself from time to time, and this should help get you started.

During a visit to the mental asylum, a visitor asked the Director what the criterion was which defined whether or not a patient should be institutionalized.

“Well,” said the Director, “we fill up a bathtub, then we offer a teaspoon, a teacup and a bucket to the patient and ask him or her to empty the bathtub.”

“Oh, I understand,” said the visitor. “A normal person would use the bucket because it’s bigger than the spoon or the teacup.”

“No.” said the Director, “A normal person would pull the plug. Do you want a bed near the window?”

 

 

 

Velorio de Português


Um brasileiro de passagem por Lisboa foi surpreendido com a notícia de que um amigo seu, português, havia falecido e seria enterrado naquela tarde.

Chateado com a situação, a perda de um amigo do peito, procurou saber onde seria o velório e para lá partiu.

Ao chegar, viu que no caixão estava o morto inteiramente nu e ao lado um grande pote cheio de creme, no qual cada um dos presentes metia a mão e, após apanhar um pouco, passava sobre o defunto.

Surpreendido pela cena, coisa inusitada para ele, aproximou-se da esposa e perguntou:

– Desculpe-me a ignorância, mas o que estão fazendo é tradição por aqui?

Ao que a esposa respondeu:

– Não! É algo inusitado. Nunca fizemos. É que ele pediu para ser cremado…

:: Escute a história desde o começo! ::


Em uma cidadezinha do interior havia uma figueira carregada dentro do cemitério. Dois amigos decidiram entrar lá à noite (quando não havia vigilância) e pegar todos os figos. Eles pretendiam fazer doce de figo e vender, ganhando boa grana. Pularam o muro, subiram na árvore com sacolas penduradas no ombro e começaram a dividir o prêmio’.

– Um pra mim, um pra você.
– Um pra mim, um pra você.
– Pô, você deixou dois grandes caírem do lado de lá do muro!
– Não faz mal, depois que a gente terminar aqui pegamos eles.
– Então tá bom, mais um pra mim, um pra você.

Um bêbado, passando do lado de fora do cemitério, escutou esse negócio de ‘um pra mim e um pra você’ e saiu correndo para a delegacia. Chegando lá, virou para o policial:

– Seu guarda, vem comigo! Deus e o diabo estão no cemitério dividindo as almas dos mortos!
– Ah, cala a boca bêbado.
– Juro que é verdade, vem comigo.

Tanto insistiu, que os dois foram até o cemitério; chegaram perto do muro e começaram a escutar…

– Um para mim, um para você.

O guarda assustado:

– É verdade! É o dia do apocalipse! Eles estão dividindo as almas dos mortos! O que será que vem depois?
– Um para mim, um para você. Pronto, acabamos aqui. E agora?
– Agora a gente vai lá fora e pega os dois que estão do outro lado do muro…

– Cooooorreeeee!!! CORRE CORRE

O bebado e o guarda tão correndo até hoje…

:: Amigo de verdade ::


Para você que esta cansado de todas aquelas mensagens melosas, com poemas chatos sobre amizade que quase sempre são mentira e nunca  realmente chegam perto da realidade, aqui esta um poema sobre amigos que realmente expressam a amizade verdadeira. Confira:

     
AMIGO…  
Quando você estiver triste…  
Eu vou te ajudar a planejar uma vingança contra o f.d.p. que te deixou assim.  

Quando você me olhar com desespero…  
Eu vou enfiar o dedo na sua goela e te fazer por pra fora o que estiver te engasgando.  

Quando você sorrir…  
Eu vou saber que você deu uns pega em alguém ou em alguma coisa.  

Quando você estiver confuso….    
Eu vou explicar pra você com palavras bem simples porque eu sei o quanto você é burro.  

Quando você estiver doente…  
Fique bem longe de mim até se curar… Eu não quero pegar o que quer que você tenha.    

Quando você cair…  
Eu vou apontar pra você e me mijar de rir.  

Você me pergunta, ‘Por quê?’
Porque você é meu amigo!!!  

 **Observação final: **
Um amigo de verdade não é aquele que separa uma briga sua e sim aquele que chega dando voadora.’  

😀

:: Como as mulheres dominaram o mundo ::


Conversa entre pai e filho, por volta do ano de 2031 sobre como as mulheres dominaram o mundo.

– Foi assim que tudo aconteceu, meu filho… Elas planejaram o negócio discretamente, para que não notássemos Primeiro elas pediram igualdade entre os sexos. Os homens, bobos, nem deram muita bola para isso na ocasião. Parecia brincadeira. Pouco a pouco, elas conquistaram cargos estratégicos: Diretoras de Orçamento, Empresárias, Chefes de Gabinete, Gerentes disso ou daquilo.

– E aí, papai?

– Ah, os homens foram muito ingênuos. Enquanto elas conversavam ao telefone durante horas a fio, eles pensavam que o assunto fosse telenovela. Triste engano. De fato, era a rebelião se expandindo nos inocentes intervalos comerciais. “Oi querida!”, por exemplo, era a senha que identificava as líderes. “Celulite”, eram as células que formavam a organização. Quando queriam se referir aos maridos, diziam “O regime”.

– E vocês? Não perceberam nada?

– Ficávamos jogando futebol no clube, despreocupados. E o que é pior: Continuávamos a ajudá-las quando pediam. Carregar malas no aeroporto, consertar torneiras, abrir potes de azeitona, ceder a vez nos naufrágios. Essas coisas de homem.

– Aí, veio o golpe mundial?!?

– Sim o golpe. O estopim foi o episódio Hillary-Mônica. Uma farsa. Tudo armado para desmoralizar o homem mais poderoso do mundo. Pegaram-no pelo ponto fraco, coitado. Já lhe contei, né? A esposa e a amante, que na TV posavam de rivais eram, no fundo, cúmplices de uma trama diabólica. Pobre Presidente…

– Como era mesmo o nome dele?

– William, acho. Tinha um apelido, mas esqueci… Desculpe, filho, já faz tanto tempo…

– Tudo bem, papai. Não tem importância. Continue…

– Naquela manhã a Casa Branca apareceu pintada de cor-de-rosa. Era o sinal que as mulheres do mundo inteiro aguardavam. A rebelião tinha sido vitoriosa! Então elas assumiram o poder em todo o planeta. Aquela torre do relógio em Londres chamava-se Big-Ben, e não Big-Betty, como agora… Só os homens disputavam a Copa do Mundo, sabia? Dia de desfile de moda não era feriado. Essa Secretária Geral da ONU era uma simples cantora. Depois trocou o nome, de Madonna para Mandona…

– Pai, conta mais…

– Bem filho… O resto você já sabe. Instituíram o Robô “Troca-Pneu” como equipamento obrigatório de todos os carros… A Lei do Já-Prá-Casa, proibindo os homens de tomar cerveja depois do trabalho… E, é claro, a famigerada semana da TPM, uma vez por mês…

– TPM???

– Sim, TPM… A Temporada Provável de Mísseis… E quando elas ficam irritadíssimas e o mundo corre perigo de confronto nuclear…

– Sinto um frio na barriga só de pensar, pai…

– Sssshhh! Escutei barulho de carro chegando. Disfarça e continua picando essas batatas…

:: Professores e Alunos ::


PROFESSOR : O que devo fazer para repartir 11 batatas por 7 pessoas?
ALUNO : Purê de batata, professor!
 
PROFESSOR : Se é você que canta, você diz “eu canto”. Se é o teu irmão que canta, como é que você diz?
ALUNO : Cala a boca, Marcos !!!
 
ALUNO : Professor, alguém pode ser castigado por uma coisa que não fez?
PROFESSOR : Não. Claro que não !!!
ALUNO : É que eu não fiz os trabalhos de casa.
 
PROFESSOR : Diga o presente do indicativo do verbo caminhar.
ALUNO : Eu caminho, tu caminhas, ele caminha…
PROFESSOR : Mais depressa!
ALUNO : Nós corremos, vós correis, eles correm…
 
PROFESSOR : Chovia que tempo é?
ALUNO: É tempo muito mau, professor.
 
PROFESSOR: Quantos corações temos nós?
ALUNO : Dois, professor.
PROFESSOR : Dois!?
ALUNO : Sim, o meu e o do senhor.
 
Dois alunos chegam tarde à escola e justificam-se:
1º ALUNO : Acordei tarde, senhor professor! Sonhei que fui à Polinésia e demorou  muito a viagem.
2ºALUNO : E eu fui esperá-lo ao aeroporto!
 
PROFESSOR : Pode me dizer o nome de cinco coisas que contenham leite?
ALUNO : Sim, professor, um queijo e quatro vacas.
 
Aluno de direito fazendo prova oral.
PROFESSOR : O que é uma fraude?
ALUNO : É o que o Sr. Professor está fazendo.
PROFESSOR : Ora essa, explique-se…
ALUNO : Segundo o Código Penal comete fraude todo aquele que se aproveita da ignorância do outro para o prejudicar!
 
PROFESSORA: Aponte no mapa onde fica a América do Norte.
ALUNO : Aqui está.
PROFESSORA: Correto !!! Agora turma, quem descobriu a América?
ALUNOS : O Bruno !!!

PROFESSORA: João, mencione uma coisa importante que existe hoje e que não havia há 10 anos atrás.
ALUNO : Eu!
 
PROFESSORA: Agora, Bruno, me diz sinceramente, você reza antes de cada refeição?
ALUNO : Não professora, não preciso. A minha mãe é uma boa cozinheira.
 
PROFESSORA: Bruno, a tua composição “O Meu Cão” é exatamente igual à do teu irmão. Você copiou ????
ALUNO : Não. O cão é que é o mesmo.
 
PROFESSORA: Bruno, que nome se dá a uma pessoa que continua a falar, mesmo quando os outros não estão interessados?
ALUNO : Professora !!

:: Traição por justa causa ::


O marido chega em casa e pega a esposa, na cama, com um garotão, 25 anos, forte, bronzeado, cheio de amor pra dar… Arma o maior barraco, mas a mulher o interrompe:

– Antes, você deveria ouvir como tudo isso aconteceu… Andava na rua, vi esse jovem maltrapilho, cansado e faminto. Então, com pena do estado dele, eu o trouxe para casa, dei a ele aquela refeição que eu havia preparado para você ontem e como você chegou tarde e satisfeito com o tira-gosto do boteco não comeu, e eu guardei o jantar na geladeira, lembra-se?  Ele estava descalço, então dei a ele aquele seu par de sapatos que, como foi minha mãe que te deu, você nunca usou, ele estava com sede e eu servi aquele vinho que estava guardado para aquele sábado que você prometeu mas que nunca chega pois num dia é futebol, noutro poker, noutro pescaria, noutro peteca, noutro lavando o carro e assim por diante.  As calças estavam rasgadas, dei-lhe aquele seu jeans semi-novo ainda estava em perfeito estado, mas não cabia mais em você.  Como ele estava sujo, aconselhei-o a tomar um banho fazer a barba, então dei a ele aquela loção francesa novinha que você nunca usou, porque acha fedorenta.  Daí, quando ele já Ia embora, perguntou: “Dona, tem mais alguma coisa que seu Marido não usa mais?”  – Nem respondi!! Dei logo !!!

(Moral da história: Mulher só trai por justa causa)