Arquivo da categoria: sexo

Sexo: Antes ou depois do casamento?


E daí que essa semana eu estava ‘facebookeando’ quando dou de cara com um determinado comentário sobre sexo, nele o autor dizia que o mesmo deveria ser deixado para o casamento…

Esperar é legal sim, mas fico aqui pensando com meus botões algumas situações… O casal namora há uns dois anos, eles se amam, há respeito até demais no relacionamento, eles sabem o que querem, mas vamos combinar que casamento é muito mais que uma certidão assinada, casamento é conta de água, luz, gás, telefone, internet, feira mensal, quinzenal ou semanal, casamento é também filhos que por sua vez trazem outras despesas que prefiro nem enumerar aqui… Aí suponhamos que hoje esse casal não tem condição financeira de arcar com as responsabilidades de um casamento, eles estão dando duro pra isso e daqui mais uns cinco anos a vida já estará mais ou menos organizada e daí eles poderão pensar em casar. E aí, vão passar sete anos só de beijos, abraços e boas conversas?!

Sexo é um detalhe que conta muito no casamento e se o casal não se entender nesse quesito, as chances do casamento ir de água abaixo são bem grandes, mas como que o casal de namorados vai saber se os estilos sexuais são compatíveis? Imagina que um é bem ativo, gosta de intensidade e criatividade, e já o outro é mais devagar e tradicional… Descobrir esse detalhe depois de assinar a certidão de casamento não me parece muito romântico.

Não defendo a ideia do sexo sem compromisso, quero deixar isso bem claro aqui, há casos e CASOS.É legal quando há um equilíbrio, as vezes a gente deixa de ter uma qualidade de vida simplesmente porque nos agarramos a certas ideias que em determinadas situações não acrescentam nada… Se Maria e José decidiram esperar e deixar o sexo pro casamento, tudo bem, é direito deles, mas se no relacionamento há amor em seu essencial sentido, a certidão de casamento é apenas um detalhe, uma formalidade que em nada vai alterar o respeito e compromisso que um tem pelo outro.

Anúncios

Menage Masculino


E daí que lá estava eu navegando por essa imensidão virtual quando dou de cara com o comentario de um individuo que dizia ter colocado um anúncio não sei onde em busca de “menage masculino”. Levada pela curiosidade fui checar o que era “menage”, e segundo o Tio Google essa palavra era usada para “arranjo de casa”. Até aí nada anormal, até pensei que o tal de menage masculino tinha a ver com algum serviço doméstico para homens, só que depois de ver o tal menage masculino no contexto descobrí que na verdade essa palavra é usada para a prática de sexo entre uma mulher e dois homens, e o que me deixou mais de boca aberta é que tem maridos mais liberais que aceitam dividir suas esposas com terceiros, bom, na verdade eu não sei o que é pior, o marido aceitar dividir a esposa ou a esposa aceitar ser tão usada dessa forma.

Juro que não consigo ver certas “evoluções” com tanta naturalidade…

:: Uma campanha “educativa” sobre sexo e DST’s ::


 Terça-feira passada foi o dia mundial de combate à doenças, e lá em Vila Velha foi realizada uma campanha “educativa” de prevenção às doenças sexualmente transmissíveis onde o foco da campanha foi a AIDS. Neste dia foram distribuidos panfletos nas unidades de saude e nos terminais rodoviários. A tal campanha causou polêmica por conta dos termos pouco comuns em materiais informativos. Além das gírias usadas no panfleto, tambem tinha figuras de orgãos genitais 😯

Eu fico aqui pensando com meus botões até onde vai chegar essa bagunça toda aqui na nossa patria amada. As tais campanhas “educativas” só educam as pessoas a um estilo de vida muito distante do que deveria ser uma educação moral e familiar, ou alguem acha que sair fazendo sexo a torto e a direito por aí é algo digno de ser ensinado e seguido?! Ao inves de ensinar as pessoas a usarem camisinha, seria bem mais proveitoso ensinar as pessoas a ter respeito mutuo e valorizar a familia, com certeza se as campanhas educativas fossem assim, o indice de AIDS no mundo seria infinitamente menor…

Ahh mas quem é que vai pensar em respeito, família ou plano divino para a humanidade?! A grande maioria da humanidade quer mesmo é diversão, careta sou eu e mais uma meia dúzia de seres humanos que ainda ficam pensando em preceitos morais e divinos…

Será que os habitantes de Marte tem um estilo de vida melhor do que os terráqueos? Se alguém souber me avisa que eu vou ver se tem uma vaguinha pra mim por lá. Está difícil de lidar com o pessoal aqui da terrinha… 😦

Confiram abaixo o panfleto “educativo” e não esqueçam de deixar a opinião de vocês no comentario…