Arquivo da categoria: Uncategorized

Os dentes estragados


Era pouco mais das dez horas da manhã, eu estava voltando pra casa na companhia de um sol digno de aquecimento global em nível hard. Me aproximando de casa, avisto um grupo dos Testemunhas de Jeová que estavam onde?! Onde?! Na porta da minha casa! Consigo estacionar o possante em poucos segundos, mas desta vez passei pra mais de minutos, na tentativa desesperada de não cruzar meu caminho com o deles. Deu errado! Passaram por mim e perguntaram se eu morava naquela casa. Com o carro estacionado bem em frente à garagem, não dava pra arrumar uma desculpa esfarrapada. Afirmei mas já em tom de “estou ocupada e não tenho tempo pra conversa religiosa”.  A mulher pergunta se eu teria tempo para ouvir uma palavra, pensei em dizer que não, mas minha resiliência falou mais alto,  fiz cara de paisagem e na tentativa de me sair, falei que era evangélica, jurando que ela me agradeceria e iria embora, mas ela insistiu, queria que eu recebesse uma literatura. Pego a literatura com aquelas imagens de pessoas, leões e cordeiros brincando de roda e quando me tento ir embora, a mulher cisma de querer explicar o texto… O problema é que até então eu não tinha prestado muita atenção aos detalhes faciais da mulher, até que frente a minha simpatia, ela me dá um sorriso e eu entro em desespero…

O sorriso da criatura era a cara da extrema pobreza africana, pra ser mais exata, os dois dentões da frente, metade deles já tinha ido embora e a outra metade lembrava a Torre Eiffel invertida, e aí ficou tenso manter algum contato daí em diante, meus olhos criaram vida própria e insistiam em fitar as duas torres invertidas, pensei olhar nos olhos da criatura, mas ela poderia achar que eu era do grupo GLS, o que não faz meu estilo, pensei olhar pro nariz, mas também não era muito confortável, tentei olhar pro horizonte, mas era muita falta de educação não olhar pro rosto dela enquanto ela me convencia sobre um mundo mágico em um futuro próximo…

No auge do desespero, repeti umas três vezes que eu já era evangélica e que já estava por dentro de todas aquelas historinhas bonitinhas sobre o paraíso, até que ela se deu por convencida, me agradeceu a atenção, abriu aquele largo sorriso desfalcado e foi embora. Eu fiquei traumatizada e com a imagem da Torre Eiffel invertida até agora no juízo…

Falando de amor…


É…  a ideia era voltar falando das minhas aventuras automobilísticas  mas hoje quero falar de amor, a inspiração veio da frase abaixo:

“Você sabe como eles dizem “Você não pode viver sem amor”? Bem, o oxigênio é ainda mais importante…” Dr. House

Aha! Pensaram que eu ía falar do lado florido purpurinado da coisa né? Pois é, mas digamos que não dá pra viver o tempo todo no país das maravilhas  né? Um dia a gente percebe que o mundo encantado só existe mesmo na Walt Disney.

É claro que o ‘não viver sem amor’ é apenas uma forma figurada de expressar a ideia da importância desse sentimento, mas por outro lado sei que existem pessoas que levam isso bem ao pé da letra e por isso o mundo está cheio de pessoas infelizes, elas investem em um mundo onde é impossível sobreviver nele…

O amor é lindo, mas as pessoas são falsas, e por favor, vamos ser sinceros, nem que seja unicamente com o espelho, todo mundo algum dia na vida já usou de falsidade em nome de um interesse próprio, todos nós alguma vez na vida já esbanjou amor quando na verdade o ódio consumia. O amor é lindo, mas ele não paga as contas, o amor é perfeito mas nem sempre você estará ao lado de pessoas que ama e ainda assim você vai ter que agir como se as amasse, o amor é maravilhoso mas qualquer dia desses aquela pessoa que você mais ama pode aprontar uma contigo e te obrigar a usar todo o teu potencial racional e é bem provável que nessa hora você tenha apenas uma vaga memória do encanto do amor…

O amor é divino, mas as vezes a vida tá um inferno e a gente tem que viver em meio aos demônios, mas quer saber do melhor? No final das contas a gente pode escapar, mas pra isso é preciso interpretar a vida sem purpurina. Pessimismo?! Nada… Tenho meus momentos encantados sim, mas sou consciente que o mundo, em sua essência, não é cor de rosa.

O retorno


Oi! Alguém ai?! Cof! Cof! Vixe! Parece que há séculos não vem alguém por aqui…

Então, a vida dagente é cheia de fases e de repente eu saí daquela fase de blogueira responsável que postava religiosamente todos os dias para alguém que  queria dar um tempo do mundo virtual, até que dia desses um amigo comentou que sentia falta dos tempos que sempre tinha algo novo pra ler por aqui… Poxa! Doeu até na consciência…

Bom, não vou fazer promessas, mas possivelmente voltarei com meus textos, tenho uma odisseia automobilística muito legal que queria compartilhar com vocês…

Aguardem! 

A voz do Google


Serendipity: uma das 10 palavras mais difíceis de traduzir


Por Alessandro Brandão

Todo idioma tem suas particularidades, é óbvio que a cultura conta muito. Tudo isso acaba gerando palavras que nem sempre têm correspondentes exatas nos outros idiomas.

A palavra é Serendipity /serən’dɪpəti/, esse termo expressa o sentimento de alegria quando encontramos alguma coisa boa sem necessariamente estar procurando por ela. Algo mais ou menos assim: “Que sorte! Encontrei uma nota de R$ 50,00 dentro do livro.”

Muitas descobertas da ciência foram puro “Serendipity”. Com frequência os cientistas estão procurando as respostas para um problema e encontram a solução para outro. Alguém se lembra como foram descobertas as famosas “pílulas azuis”? The Serendipity Of Science virou até uma série da BBC Radio 4.

Curiosidade: The word Serendipity has been voted as one of the ten English words that were hardest to translate in June 2004, by a British translation company.

Enquanto isso nós ficamos aqui nos gabando que a palavra Saudade é a 7ª palavra mais difícil de traduzir.

Fispal Tecnologia Nordeste


A indústria de alimentos é um setor em permanente expansão, sempre em busca de novidades para melhorar seus produtos e processos. A Fispal Tecnologia é a principal feira de processamento, embalagem e logística para o setor de alimentos e bebidas da América Latina. Com 27 anos de tradição, acontece pela primeira vez numa versão regional, que deve reunir fornecedores de todo o Brasil, interessados em mostrar tendências, tecnologias e novos processos para as indústrias de alimentos e bebidas da região, reunindo os principais decisores de compras do segmento.


Data: 08 a 11 de novembro
Inscrições aqui

[Esmalte do dia #9 ] – “Ninfa” da Risqué e “Reflexo Violeta” da Colorama


E continuo nos tons clarinhos e comportados. Hoje estou com um rosinha bem claro, o “Ninfa” da Risqué e por cima a cobertura “Reflexo Violeta” da Colorama, pra finalizar uma massinha chamada “fimo” em forma de uma carinha sorrindo.  Gostaram? 😉 

Modestia Pernambucana


Estava num passeio em Roma quando, ao visitar a Catedral de São Pedro fiquei abismado ao ver uma coluna de mármore com um telefone de ouro em cima.

Vendo um jovem padre que passava pelo local perguntei a  razão daquela ostentação.

O padre então me disse que aquele telefone estava ligado a uma linha direta com o paraíso e que se eu quisesse fazer uma ligação  eu teria de pagar  100 dólares.

Fiquei tentado porém declinei da oferta.

Continuando a viagem pela Itália encontrei outras igrejas com o mesmo telefone de ouro na coluna de mármore. Em cada uma das ocasiões  perguntei a razão da existência e a resposta era sempre a mesma:Linha direta com o paraíso ao custo de 100 dólares a ligação.

Depois da Itália, chegando ao Brasil, fui direto para  Pernambuco. Ao visitar a nossa gloriosa Igreja de Nossa senhora do Carmo, no centro da cidade do Recife, fiquei surpreso ao ver novamente a mesma cena: uma coluna de  mármore com um telefone de ouro.

Sob o telefone um cartaz que dizia: LINHA DIRETA COM O
PARAÍSO – PREÇO POR LIGAÇÃO = R$ 0,25 ( vinte e cinco centavos ).

Não me agüentei, e perguntei….

Padre, eu disse, viajei por toda a Itália e em todas as catedrais que visitei vi telefones exatamente iguais a este, mas o preço da chamada era 100 dólares. Por que aqui é somente R$ 25 centavos?

O Padre sorriu e disse. Meu amigo, você está em Pernambuco. Aqui a ligação é local.

O PARAÍSO É AQUI !!

Autor desconhecido

Preparando-se para o frio…


Agora a noite o tempo tá um frio danado por aqui, estou sentindo os pés gelados, dar o ar da graça do lado de fora da casa é de arrepiar até o cabelo do relógio. Quantos graus? Humm acho que uns 20°C mais ou menos… Aí o pessoal lá do Sul deve estar me chamando de doida né, afinal desde quando 20°C é frio?! Bom, pra mim é, e muito! E olha só o que me espera semana que vem… Tô frita, digo, congelada!

Cliques da semana #18


Campanha para comer insetos

Como destruir uma festa de casamento

Como colorir uma foto preto e branco no Photoshop CS5

Celebridades que ficam gordas com o tempo

Onde estão os dentes permanentes enquanto usamos os de leite?

15 maneiras de colocar cadarços